twitter

Série rodada durante a pandemia em Esposende estreia na RTP

Série rodada durante a pandemia em Esposende estreia na RTP
Fotografia Estalagem Parque do Rio

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 11 de julho de 2024, às 18:37

Uma "visão total" dos dois filmes "Mal Viver" e "Viver Mal"

A série filmada "Hotel do Rio", de João Canijo, que constitui a "visão total" dos dois filmes "Mal Viver" e "Viver Mal", do realizador, estreia-se na próxima segunda-feira à noite na RTP1, anunciou a televisão pública.

A nova produção televisiva, porém, "não é uma soma dos filmes, nem os filmes divididos em partes, é uma versão diferente do enredo do projeto e como tal desenvolvido", alerta a produtora Midas Filmes, no texto de apresentação de "Hotel do Rio".

"Mal Viver" é a história de uma família de várias mulheres de diferentes gerações, que gerem um hotel e "arrastam uma vida dilacerada pelo ressentimento e rancor", abalada pela chegada inesperada de uma neta, como se lê na sua sinopse.

O filme, premiado no festival de Berlim do ano passado e candidato de Portugal a uma nomeação aos Óscares deste ano, interliga-se com a longa-metragem "Viver Mal" que segue em paralelo aquela história, centrando-se nos hóspedes que passam pelo hotel.

Na série filmada, "as personagens são as mesmas - a família proprietária de um hotel em dificuldades e os três grupos de clientes que lá passam um fim de semana - mas o resultado é outro e completamente novo e diferente, e como tal foi pensado", prossegue o texto de apresentação da nova obra.

Na versão televisiva "tudo acontece e é mostrado na ordem cronológica, e as histórias da família e dos clientes cruzam-se e entretecem no mesmo tempo, mas com muitas cenas filmadas de forma diferente", destaca a Midas Filmes.

A abordagem impõe um cruzamento diferente de pontos de vista, que pode resultar novo e fascinante, mesmo para quem viu as duas obras no cinema, assegura a produtora. "Para quem ainda não viu, será uma abordagem original, e uma entrada nesse universo de personagens e no seu mal viver".

Como os dois filmes, a série conta com as atrizes Anabela Moreira, Rita Blanco, Madalena Almeida, Cleia Almeida e Vera Barreto, interpretando a família; e com os atores Nuno Lopes e Filipa Areosa, Leonor Silveira, Rafael Morais e Lia Carvalho, Beatriz Batarda, Carolina Amaral e Leonor Vasconcelos, nos três grupos de clientes do hotel.

O argumento é de João Canijo e Rui Cardoso Martins, com a colaboração de Manuel Altavilla; a direção de fotografia de Leonor Teles e a montagem de João Braz.

À semelhança do filme, "Hotel do Rio" foi produzida pela Midas Filmes, com a RTP, teve apoio financeiro do Instituto do Cinema e do Audiovisual, e foi rodada durante o tempo da pandemia no Hotel Parque do Rio, em Ofir, Esposende, "um notável exemplo da arquitetura modernista portuguesa dos anos 70, da autoria do arquiteto Júlio Oliveira", segundo a apresentação da série.

“Hotel do Rio é a visão total dos dois filmes 'Mal Viver' e 'Viver Mal'", afirma João Canijo, citado pela produtora. "Uma visão que não esconde nada e mostra coisas que não se podiam imaginar em cada um dos filmes. Na série vê-se muito mais do que nos filmes e tudo o que era nebuloso nos filmes fica transparente.”

Os dois filmes estrearam-se no festival de Berlim em 2023, com João Canijo a receber o Urso de Prata do Prémio do Júri por “Mal Viver”, que soma já perto de uma dezena de prémios, entre os quais os Sophia de melhor filme e melhor realização da Academia Portuguesa de Cinema, que também nomeou a realizadora Leonor Teles para melhor fotografia.

"Hotel do Rio", em quatro episódios, estreia-se na RTP1 na próxima segunda-feira, às 22:45, segundo as páginas da programação deste canal, e será transmitida semanalmente, com desfecho marcado para 05 de agosto.