twitter

Famalicenses têm a partir de hoje 49 linhas de transporte público rodoviário disponíveis

Famalicenses têm a partir de hoje 49 linhas de transporte público rodoviário disponíveis
Fotografia DR

Redação

Publicado em 03 de julho de 2023, às 17:31

Contrato de prestação de serviço cumprido na íntegra

A rede de serviços de transporte público rodoviário contratada pela Câmara Municipal à empresa Transdev está a funcionar em pleno desde esta segunda-feira, dia 3 de julho. Após algumas situações de incumprimento da parte da operadora, que justificaram a aplicação de sanções pela autarquia famalicense, as 49 linhas de autocarro estão finalmente em funcionamento.

As linhas disponíveis, bem como respetivas paragens e horários, podem ser consultadas no site da Câmara Municipal em www.famalicao.pt/horario-dos-autocarros .

Recorde-se que a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão comprometeu-se a triplicar, em 2023, a oferta de transporte público rodoviário de passageiros no concelho, passando a ter mais percursos e mais horários, inclusive ao fim de semana, em resultado de um investimento municipal de mais de 5 milhões de euros.

Apesar deste esforço da autarquia, e devido a constrangimentos de ordem logística e humana, a empresa Transdev, a quem foi adjudicado o serviço em novembro passado, ainda não tinha conseguido garantir o total funcionamento dos percursos contratualizados, estando essa situação regularizada a partir de hoje.

Refira-se, ainda, que foi aprovada na Reunião de Câmara do passado dia 22 de junho a adjudicação do serviço público de transporte rodoviário regular de passageiros, que vai servir os concelhos de Vila Nova de Famalicão, Trofa e Santo Tirso entre 2024 e 2030, também à empresa Transdev.

A criação desta rede de transportes públicos intermunicipal, que ficará conhecida como Mobi.Ave, vai permitir duplicar a oferta existente e resultará de um investimento na ordem dos 76 milhões de euros da parte dos três municípios, sendo que, deste valor, a maior fatia caberá à autarquia famalicense: 56 milhões de euros.