twitter

Água potável usada em rega de jardins em Braga baixa 38 mil m3 em seis anos

Água potável usada em rega de jardins em Braga baixa 38 mil m3 em seis anos
Fotografia Unsplash

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 12 de outubro de 2023, às 13:51

O município de Braga reduziu, nos últimos seis anos, em mais de 38 mil metros cúbicos a água da rede pública utilizada anualmente para a rega dos jardins públicos, numa poupança de 48.639 euros, foi hoje anunciado.

 

Em comunicado, o vereador do Ambiente, Altino Bessa, explica que aquela redução resulta da substituição dos sistemas de abastecimento de água por sistemas de exploração de água do local.

Apontou, concretamente, o reaproveitamento das águas dos poços, tanques e reservatórios existentes, a execução de furos e instalação de reservatórios, a reparação das redes de rega automática e a utilização de sistemas de rega mais modernos e eficientes.

Estas medidas foram adotadas nos jardins da Avenida da Liberdade, no Campo das Hortas e no Alto da Cividade.

“Por outro lado, e sempre que adequado, o município procedeu à substituição dos relvados por prados de sequeiro, plantando árvores e arbustos de baixo consumo de água”, acrescenta o comunicado.

Desta forma, os consumos de água potável para rega de jardins públicos passaram de 82.621 metros cúbicos em 2017 para 44.405 em 2022.

“Tendo em consideração os custos sociais, económicos e ambientais muito elevados que o consumo de água potável representa na rega de jardins públicos, o município dá assim mais um passo na poupança da água, na proteção e valorização dos recursos naturais e na mitigação e adaptação às alterações climáticas”, referiu Altino Bessa.