twitter

CDS-PP lembra potencial cultural do Palacete Júlio Lima

CDS-PP lembra potencial cultural do Palacete Júlio Lima
Fotografia DR

Redação

Publicado em 08 de outubro de 2023, às 11:26

Palacete acolhe até hoje a exposição “H2 Love – Deixa o amor fluir”

  A Comissão Política do CDS-PP visitou a exposição “H2 Love – Deixa o amor fluir”, patente na freguesia de S. Vicente e inspirada no amor filantrópico de Júlio Lima. Altino Bessa, vereador municipal e presidente da Concelhia do CDS de Braga, salientou a importância da valorização do património a partir da arte. «Esta exposição é demonstrativa da capacidade que a arte tem de enaltecer e despertar o interesse pelo património cultural. O Palacete Júlio Lima é um dos grandes legados deixados por este cidadão, grande benemérito da cidade. Este belo espaço reflete a proximidade que Júlio Lima tinha com a cidade. Numa das áreas mais centrais de Braga temos um edifício ladeado por várias espécies arbóreas e alguns animais que fazem do espaço a sua casa. Todavia, este elemento arquitetónico esteve preso demasiado tempo num processo judicial o que acelerou a degradação. Os anos passaram e as condições de degradação do palacete podem ditar uma perda irreparável para este que é um edifício histórico, cultural e patrimonial da cidade de Braga ou, arrisco dizer, do país», disse, louvando «o trabalho do grupo de amigos do Palacete Júlio Lima que de forma voluntária trouxe à ribalta a importânciade preservação deste do imóvel, salvaguardando a sua dignidade».

 «Estou certo de que este poderia ser um espaço com inúmero potencial para a cidade não só a nível cultural, mas também turístico. Estamos perante uma ‘casa’ cheia de passado, mas que pode significar presente. Júlio Lima foi um filantropo e estou certo de que, como tal, se estivesse entre nós, gostaria de ver o legado patrimonial que deixou à cidade a servir a comunidade», sustentou. Daniel Pinto, presidente da Junta de Freguesia de São Vicente e membro da Comissão Política do CDS, acompanhou a visita e fez referência ao trabalho que a comunidade desenvolve em prol da preservação deste espaço icónico na freguesia.

«O Palacete Júlio Lima é e foi ao longo do seu tempo um espaço de comunidade, quer pela forma como serviu a população vicentina, pela benfeitoria de Júlio Lima ou até mesmo de encontros do movimento associativo à época. Esta dedicação à defesa do espaço reflete a entrega das gentes de São Vicente ao legado que nos foi deixado e que agora tem de ser preservado. A Junta de Freguesia de São Vicente, a par do movimento Amigos do Palacete e da ASPA, propôs a classificação do palacete como imóvel de interesse municipal, tentando desta forma que se defendesse a preservação do legado construído e histórico do conjunto», sustentou.