Fotografia: Avelino Lima

Seminário na Católica de Braga pretende descobrir se existe um “cérebro religioso”

Investigadores querem perceber como é que a estrutura e funcionamento do cérebro pode explicar a espiritualidade.

Carla Esteves
8 Out 2022

«Haverá diferenças na ativação cerebral de pessoas envolvidas em exercícios espirituais ou em intervenções por mindfulness?». Esta é uma das questões para as quais procurou resposta o seminário “Cérebro e espiritualidade: perspetivas e desafios”, que, ontem, decorreu na Aula Magna da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais na Universidade Católica, em Braga.

Investigadores e docentes das mais diversas áreas, da Medicina à Psicologia, passando pelas Neurociências e pela Filosofia reuniram-se para discutir caminhos e perspetivas, dando assim seguimento a um projeto de investigação que está a ser desenvolvido com recurso ao financiamento da Fundação BIAL. Em declarações ao Diário do Minho, o diretor do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos, Augusto Soares da Silva, adiantou que o projeto, denominado “Correlatos Neuroanatómicos de bem-estar nos exercícios espirituais e em mindfulness”, se insere no âmbito do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos da UCP Braga, uma unidade de investigação financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up