Fotografia: Avelino Lima
Universidade do Minho focada na inclusão de pessoas com deficiência

Reitor defende formações especializadas de ensino superior e aposta na investigação.

Rita Cunha
15 Mai 2019

A inclusão das pessoas com deficiência é uma das preocupações da Universidade do Minho que pretende dar «saltos importantes» neste sentido, indo para além da eliminação das barreiras físicas e abarcando, por exemplo, formações especializadas de nível superior e projetos de investigação.

 

A intenção foi manifestada pelo reitor Rui Vieira de Castro, hoje, na cerimónia de assinatura de um protocolo de colaboração com o Instituto Nacional para a Reabilitação e que prevê a realização, ainda este ano, de três cursos de curta duração – Acessibilidade e evacuação de emergência de pessoas com deficiência, Língua gestual Portuguesa e Técnicas de guia no atendimento das pessoas com deficiência visual – e a promoção de uma reflexão e análise da informação para a organização de um ciclo de estudos especializado na área da ciência e inclusão social.

 

A Secretária de Estado para a Inclusão, Ana Sofia Antunes, também esteve presente na cerimónia, tendo destacado a necessidade de uma aposta no estudo e reflexão do tema da deficiência.




Notícias relacionadas


Scroll Up