Fotografia: Nuno Cerqueira
Desperdício industrial vai dar a Braga duas peças de arte

ZETgallery com mostra de arte nascida do desperdício industrial.

Nuno Cerqueira
10 Jun 2018

A fase “um” do simpósio “Arte & Sustentabilidade” já pode ser vista na ZETgallery em Braga, com quatro peças da arte nascidas dos desperdícios de indústria, mas é em outubro, na fase “dois”, que este consórcio entre entre Fibrenamics do IB-S da Universidade do Minho e a ZET, vão oferecer ao espaço público na cidade de Braga duas peças de arte.

Peças estas que vão nascer da imaginação dos artistas Ana Almeida Pinto, Hernâni Reis Baptista, Miguel Neves Oliveira e Rute Rosas com “restos” da dst, ERT e Cup&Saucer.

«Esta primeira fase é o contacto com o conceito e materiais, assim como a mudança de marca da galeria para ZETgallery. Em outubro os artistas vão estar na rua, de 1 a 14 de outubro, para daí nasceram duas peças que vão ser oferecidas à cidade», referiu a curadora Helena Mendes Pereira.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]




Notícias relacionadas


Scroll Up