Fotografia: Avelino Lima
Viola braguesa já possuiu certificação de originalidade

O processo de certificação da Viola Braguesa que o Município de Braga iniciou há mais de um ano acaba de ser concluído. Os artesãos que entraram no processo vão começar a receber os selos de certificação na próxima semana.

Joaquim Martins Fernandes
10 Mar 2018

A revelação de que foi concluído o processo de certificação da originalidade de construção da Viola Braguesa foi feita ontem pelo vereador que tutela o pelouro do Urbanismo da Câmara Municipal de Braga. «A conclusão do processo de certificação foi conseguida com êxito, através da publicação da decisão favorável em Diário da República», disse Miguel Bandeira.
O autarca, que proferiu uma breve intervenção na sessão de “boas-vindas” das primeiras Jornadas da Viola Braguesa”, não deixou de expressar «a grande satisfação» do Município pela conclusão do processo conduzido pela ADERE – Certifica. Miguel Bandeira revelou ainda que na próxima quinta-feira, dia 15 de março, a Câmara Municipal de Braga vai entregar os primeiros selos de garantia de certificação de produto a quatro Unidades Produtivas Artesanais que fabricam o instrumento musical típico de Braga, com fidelidade às origens.

[Notícia completa na edição impressa de hoje do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up