twitter

Joaquim Félix de Carvalho publica "Do Fundo do Cálice"

Joaquim Félix de Carvalho publica "Do Fundo do Cálice"
Fotografia

Publicado em 30 de março de 2022, às 15:37

Livro centra-se em dois cálices da capela Árvore da Vida, criados pelo escultor Asbjørn Andresen.

Ocónego Joaquim Félix de Carvalho, da Arquidiocese de Braga, acaba de publicar o seu mais recente livro, "Do Fundo do Cálice", que surge na continuidade de "Capelas de Braga , Novas Poéticas da Espacialidade Ritual". Nesta obra, o autor documenta e descreve dois artefactos litúrgicos singulares, pertencentes à capela da Árvore da Vida que se encontra no interior do Seminário Conciliar de São Pedro e São Paulo, em Braga, e foi vencedora do prémio ArchDaily 2011 para edifício religioso com a melhor arquitetura. Joaquim Félix de Carvalho, que dedica-se às artes litúrgicas e arquitetura religiosa contemporânea, descreve neste livro não só as formas dos dois vasos litúrgicos, como dá a conhecer a sua fatura, arte e significado. Os cálices retratados neste livro, o Calix Mundi e o cálice de peregrinação, foram criados pelo escultor sueco Asbjørn Andresen. Duas peças do nosso tempo, verdadeiras obras de arte, ao serviço da liturgia. O livro acaba de sair pela UCE, a editora da Universidade Católica Portuguesa. Joaquim Félix De Carvalho, doutorado em Liturgia, é investigador do CITER (Centro de Investigação em Teologia e Estudos de Religião). Estuda e edita fontes litúrgicas antigas, latinas e orientais, colabora com reconhecidos arquitetos na edificação de espaços litúrgicos e com artistas como Asbjørn Andresen, Lisa Sigfridsson, Ilda David’, Manuel Rosa, Lourdes Castro, Helena Cardoso, Carla Pontes, entre outros. [Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]  
Autor: Jorge Oliveira