twitter

Cardeal Américo Aguiar pede em Fátima orações pela paz

Cardeal Américo Aguiar pede em Fátima orações pela paz
Fotografia Agência Eclesia

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 13 de outubro de 2023, às 09:10

O cardeal Américo Aguiar pediu esta noite aos milhares de participantes na peregrinação de 12 e 13 de outubro ao Santuário de Fátima que rezem pela paz que falta à "malograda e querida Ucrânia e à terra de Jesus".

"Quando falamos de Fátima, da mensagem de Fátima, falamos obrigatoriamente de paz. Infelizmente, a paz é dom que está a faltar à nossa malograda e querida Ucrânia, e está a faltar há dias à nossa querida terra de Jesus. Queremos pedir à Mãe do Céu, sem baixarmos os braços, o dom da paz para a terra de Jesus, para a Ucrânia e para todos os povos que vivem o flagelo da guerra", afirmou o até agora bispo auxiliar de Lisboa.

A guerra é uma preocupação "de todos", disse o nomeado bispo de Setúbal durante a homilia da celebração da palavra que se seguiu à procissão das velas no santuário da Cova da Iria, deixando a pergunta: "A quem faz jeito esta nova guerra, quem fica a ganhar com esta nova guerra, com este calendário, com esta coincidência?".

"Não sei responder. Sei quem fica a perder: as crianças, os jovens, as mulheres, os idosos, os pobres, os últimos, os de sempre", sublinhou.

Numa homilia em que deixou um agradecimento a todos os que contribuíram para o sucesso da Jornada Mundial da Juventude de Lisboa, de cuja organização foi o principal responsável, Américo Aguiar deixou também palavras sobre o papel de Fátima, recorrendo a uma das mensagens de integração que o Papa Francisco deixou na JMJ, para afirmar que “Fátima é de todos, todos, todos".

Américo Aguiar, que hoje usou o báculo que recentemente lhe foi oferecido em Jerusalém, fez questão de assegurar que, em Fátima, todos têm “Mãe”, e lembrou o pedido de oração e a promessa de paz que a Virgem deixou em Fátima aos três pastorinhos.

Nas cerimónias de hoje, que tiveram a presença de 180 mil peregrinos, segundo o santuário, participaram, também, os cardeais Manuel Clemente e António Marto, bem como o novo patriarca de Lisboa, Rui Valério.

O futuro bispo de Setúbal está a presidir pela segunda vez a uma peregrinação aniversária no Santuário de Fátima, depois de ali ter estado como presidente das celebrações em junho de 2020, em plena pandemia de covid-19.

Américo Aguiar viajou para Fátima, hoje, diretamente de Saragoça, onde presidiu à festa da Virgem do Pilar, agradecendo aos bispos e aos jovens de Espanha e da América Latina a presença na Jornada Mundial da Juventude, em Lisboa.

Segundo a agência Ecclesia, como sinal de agradecimento e confiando o ministério que vai iniciar no final deste mês na diocese de Setúbal, o cardeal ofereceu à Senhora do Pilar o anel cardinalício e o solidéu, colocando-o diante da imagem venerada em Saragoça.

A peregrinação de hoje e sexta-feira ao Santuário de Fátima conta com o registo de mais de uma centena de grupos organizados de peregrinos de mais de 30 países estrangeiros.

Após a vigília da próxima madrugada, terá lugar, às 07:00 de sexta-feira, a procissão eucarística, no recinto de oração, seguindo-se, duas horas depois, o terço na Capelinha das Aparições, a procissão, a missa internacional, a bênção dos doentes e a procissão do adeus.