twitter

Bispo de Viana convida todos para a romaria da Peneda

Bispo de Viana convida todos para a romaria da Peneda
Fotografia DM

Joaquim Martins Fernandes

Jornalista

Publicado em 23 de agosto de 2023, às 11:06

Festividades decorrem de 31 de agosto a 8 de setembro.

O bispo da Diocese de Viana do Castelo, D. João Lavrador, dirigiu esta terça-feira um convite «a todos» para que participem nas celebrações que se vão realizar de 31 de agosto a 8 de setembro, em honra de Nossa Senhora da Peneda, no Santuário de Nossa Senhora da Peneda-Gerês, em pleno “coração” do único parque nacional do país.

Numa mensagem de vídeo, D. João Lavrador destaca o dia 8 de setembro como data da «grande solenidade das festividades» que «já são conhecidas de muitas gente». «Muitos devotos, certamente, já obtiveram graças a partir da sua esperança, da sua participação e da sua invocação a Nossa Senhora da Peneda», destaca o prelado de Viana do Castelo, manifestando o desejo de «deixar um convite a todos» para a participação nas festas.

«Em primeiro lugar, aos devotos, para que continuem a ter esta devoção a Nossa Senhora da Peneda, para que ela seja verdadeiramente mediadora das graças que obtém a partir do seu filho Jesus Cristo», sublinhou o bispo de Viana do Castelo, para acrescentar que as portas do Santuário de Nossa Senhora da Peneda estão também abertas «a todos aqueles que tenham curiosidade em conhecer um local que é um fascínio único, que interliga o Santuário com o meio ambiente, com todo aquele escarpado de montanha que dá uma beleza única e singular ao local».

Numa comunicação de cinco minutos, D. João Lavrador precisa que o convite é extensível a quantos se queiram deslocar ao santuário «para repousar, para contemplar, para obter os benefícios de uma natureza única como é a Peneda». Mas «também para beneficiar do sublime que se manifesta no Santuário, que se ergue num vale e que ajuda a interligar o humano com a transcendência divina que quer vir ao nosso encontro e que vem através de Nossa Senhora da Peneda».

O bispo de Viana do Castelo dirige ainda o seu convite «a todos aqueles que andam afadigados com tantas preocupações e que precisam de uns dias» de repouso. É que «talvez estes dias [da romaria de Nossa Senhora da Peneda] para usufruir de uma interligação entre o religioso e o cultural sejam muito agradáveis para ver como as tradições do Minho, do Alto Minho, ali estão, ali se executam, ali se oferecem para todos nós desfrutarmos desta beleza que nos é proporcionada pela singularidade do local». Uma fruição que, «naturalmente», será «sempre em honra de Nossa Senhora da Peneda», no reconhecimento de que «o Santuário é um local propício para o encontro». «E nós precisamos de nos encontramos», afirmou D. João Lavrador.