twitter

Greve dos Oficiais de Justiça atingiu os 81% em Famalicão

Greve dos Oficiais de Justiça atingiu os 81% em Famalicão
Fotografia

Publicado em 01 de fevereiro de 2018, às 22:17

Greve afetou o funcionamento dos tribunais no Minho.

A greve dos Oficiais de Justiça atingiu em Famalicão os 81% esta quinta-feira. A situação levou mesmo ao cancelamento da assembleia de credores da Ricon. Também em Braga a greve foi muito sentida, com o Tribunal de Braga atingir uma adesão de 56% e a ver sessões de julgamento adiadas. O Tribunal do Trabalho de Guimarães atingiu os 54% de adesão à greve, assim como o Tribunal do Trabalho de Braga com 53%. Também em Esposende a greve afetou o normal funcionamento do tribunal, onde de 13 funcionários, apenas três trabalharam e por requisição civil. O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga fixou a adesão greve nos 50%. A nível nacional o Sindicato de Oficiais de Justiça (SOJ) anunciou uma adesão de 70% na greve dos oficiais de justiça, esperando que esta sexta-feira os números atingem os 90%. No distrito de Viana do Castelo a greve causou pouco impacto, com Ponte de Lima a ser o tribunal de maior adesão à greve. A greve começou ontem e termina amanhã. [Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]
Autor: Nuno Cerqueira