twitter

Centro de Recolha Animal de Famalicão promoveu a adoção de 565 animais em 2020

Centro de Recolha Animal de Famalicão promoveu a adoção de 565 animais em 2020
Fotografia

Publicado em 09 de março de 2021, às 15:50

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, esta preocupação cada vez maior da comunidade com a proteção dos animais do CROA «demonstra por um lado o excelente trabalho que está a ser desenvolvido por este serviço municipal e por outro reflete bem

O Centro de Recolha Animal (CROA) de Vila Nova de Famalicão promoveu durante o ano de 2020 a adoção de 565 animais de companhia, um número muito positivo que demonstra bem o dinamismo e a eficiência das ações desenvolvidas por este equipamento municipal focado no acolhimento e tratamento de animais errantes. Este dado foi revelado através do relatório anual 2020 da DGAV relativo aos animais nos Centros de Recolha Oficial e coloca Vila Nova de Famalicão no pódio dos CROA com mais animais adotados a nível nacional, posicionando-se em segundo lugar, logo atrás de Lisboa que conseguiu promover a adoção de 863 animais. De resto, nos últimos anos o CROA de Famalicão tem vindo registar um aumento do número de animais adotados, sendo que passou de 433 animais adotados em 2017 para 565 em 2020. Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, esta preocupação cada vez maior da comunidade com a proteção dos animais do CROA «demonstra por um lado o excelente trabalho que está a ser desenvolvido por este serviço municipal e por outro reflete bem uma maior sensibilidade dos famalicenses para as questões dos animais». Ainda no que diz respeito ao trabalho desenvolvido pelo CROA, o relatório anual 2020 da DGAV destaca o número de animais vacinados em 2020, que chegou aos 1287 e o número de animais recolhidos, 802.  
Autor: Redação / NC