twitter

Homem de 58 anos constituído arguido por burlar idosos em Viana do Castelo e Galiza

Homem de 58 anos constituído arguido por burlar idosos em Viana do Castelo e Galiza
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 07 de maio de 2024, às 16:48

O homem foi constituído arguido por burlar idosos em vários concelhos do distrito de Viana do Castelo e na Galiza.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) constituiu arguido esta terça-feira, em Monção, um homem de 58 anos, por burlar idosos naquele e em vários concelhos do distrito de Viana do Castelo e na Galiza, Espanha, informou a força policial.

Em comunicado, o Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo explicou que o suspeito foi identificado e localizado na sequência de uma investigação pela prática de dois crimes de burlas a idosos.

No decurso ação policial, “foi ainda possível apurar que o homem é suspeito de praticar este tipo de crime, em vários concelhos do distrito de Viana do Castelo e em localidades junto da fronteira, no território do Reino de Espanha”.

Segundo a GNR, “o ‘modus operandi” do suspeito consistia em abordar as vítimas nas suas residências, normalmente idosas e que se encontravam sozinhas, com o intuito de reclamar o pagamento de peças de veículos automóveis supostamente encomendadas por familiares, alegando que teriam sido os familiares a mandá-lo ao local para entregar a peça e receber o respetivo valor, realizando deste modo a burla”.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Monção.