twitter

Reabilitação de ponte de quase 100 anos está quase pronta (e o Instagram está à espreita)

Reabilitação de ponte de quase 100 anos está quase pronta (e o Instagram está à espreita)
Fotografia CM Amarante

Redação

Publicado em 23 de abril de 2024, às 11:26

Construída entre 1926 e 1927 para ligar Celorico de Basto a Amarante

A Ponte de Arame de Lourido, construída entre 1926 e 1927 e que une os concelhos de Celorico de Basto e Amarante, nas freguesias de Arnoia e Rebordelo, vai ser reaberta durante este verão, e a Associação de Municípios do Douro e Tâmega (AMDT) aposta que vai ser uma nova atração turística no local.

A reabilitação é uma empreitada da AMDT, e prevê a reabilitação e o reforço da Ponte de Arame, elemento centenário, estando já ambas as margens com trabalhos avançados para a união fortificada e com segurança necessária para o seu futuro funcionamento.

Este projeto resulta de um investimento global de mais de 324 mil euros da candidatura no âmbito EEC PROVERE – Projetos Âncora, do Programa Operacional Regional do Norte e engloba levantamento geométrico e topográfico, projeto de execução e a empreitada.

“Os trabalhos da empreitada estão a decorrer de acordo com o previsto no projeto e programa-se a sua conclusão para o início do mês de junho. Algo que desejamos que aconteça a curto prazo e que vai contribuir para a dinâmica do turismo de natureza deste território”, segundo Cristina Vieira, presidente do Conselho Diretivo da AMDT.

Construída em 1926 a ponte, no lugar de Lourido, vai poder ser retomada como ligação entre ambos os municípios. Segundo a ADMT, a expetativa é de e tornar-se um ícone turístico, com uma envolvência paisagística que vai atrair muitos visitantes e amantes da natureza, bem como os que gostam de percorrer a Ecopista do Tâmega.