twitter

Quadrilátero vai propor medidas para apoiar o têxtil

Quadrilátero vai propor medidas para apoiar o têxtil
Fotografia DR

Redação

Publicado em 25 de outubro de 2023, às 09:15

Mário Constantino desafiou o Governo a reduzir impostos que pesam sobre as empresas.

O presidente da Câmara de Barcelos anunciou, ontem, que os municípios que compõem o Quadrilátero Urbano vão promover um estudo sobre o setor têxtil, que aponte medidas a propor ao Governo para mitigar a crise que afeta o setor.

Mário Constantino Lopes fez este anúncio na sessão de abertura do XXV Fórum da Indústria Têxtil, organizado pela ATP … Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que se realizou ontem à tarde no auditório dos Paços do Concelho. 

Depois de se mostrar grato e reconhecido à Associação Têxtil e Vestuário de Portugal por ter escolhido a cidade de Barcelos para a realização deste evento, o presidente da Câmara vincou que sendo o «setor empresarial têxtil uma das alavancas da economia portuguesa e um setor estruturante para o país, e também, e ainda mais, para o concelho de Barcelos, é necessário que se tomem medidas fiscais que atenuem a carga dos impostos sobre pessoas e empresas».

Nesse sentido, Mário Constantino Lopes deixou o desafio ao Governo de «reduzir, de forma muito significativa, os impostos que pesam sobre as empresas». «Tenho ouvido das associações empresariais da indústria, como também das suas congéneres comerciais, que a elevada carga fiscal sufoca as empresas. Ora, se aliado a isso, constatarmos que vivemos um movimento inflacionista com fortes repercussões nos preços da eletricidade e dos combustíveis, temos de admitir que há constrangimentos muito pesados para todo o setor do têxtil e do vestuário», declarou.

Assim, concluiu, «à medida que vamos auscultando os nossos empresários, há uma preocupação generalizada que aponta para uma crise no setor que poderá colocar algumas empresas em risco. Nesse sentido, posso aqui anunciar que, muito em breve, os presidentes dos municípios que compõem o Quadrilátero Urbano irão reunir especificamente para analisar esta temática e, para o efeito, solicitaram ao professor Fernando Alexandre um estudo que irá permitir apresentar ao Governo qual o impacto do setor têxtil nesta região, bem como algumas medidas concretas que possibilitem atenuar ou mitigar a crise inflacionista que afeta este setor tão importante para a nossa economia».