twitter

Vila Verde avança com requalificação de estradas municipais no valor de 1,7 milhões

Vila Verde avança com requalificação de estradas municipais no valor de 1,7 milhões
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 10 de outubro de 2023, às 14:20

A Câmara de Vila Verde, distrito de Braga, vai avançar com a repavimentação de diversas estradas municipais, em várias freguesias do concelho, num investimento de 1,7 milhões de euros, anunciou hoje a autarquia.

Em comunicado, o município, liderado por Júlia Rodrigues Fernandes (PSD), diz ter “em curso um conjunto de intervenções para a requalificação de diversas estradas municipais (EM) e caminhos municipais (CM) no concelho”, resultantes de um concurso público superior a 1,7 milhões de euros, abrangendo vias com um total de 14 quilómetros de extensão e de 83 quilómetros quadrados de área em repavimentação.

A autarca, citada no comunicado enviado à agência Lusa, explica que as requalificações previstas incidem sobre um conjunto de vias municipais selecionadas e que necessitavam de intervenções mais urgentes, devido ao intenso tráfego e ao estado de maior degradação – em grande parte dos casos por força das obras para infraestruturas de saneamento.

A presidente da Câmara de Vila Verde estima ter, até ao final do mandato, concluído o plano de requalificação de toda a rede de vias municipais no concelho, “reforçando as condições de mobilidade e de segurança, para peões, automobilistas e moradores locais”.

Tendo em conta os eventuais transtornos a provocar pelas intervenções em curso, Júlia Rodrigues Fernandes apela à compreensão dos moradores e utilizadores das vias abrangidas, realçando “o esforço do município em minimizar os efeitos negativos das obras”.

Nesse sentido, a autarquia explica que a programação das intervenções foi feita em pacotes diferenciados, de forma a assegurar maior celeridade e eficiência nos trabalhos, envolvendo diferentes empresas.

“Aliado a outros investimentos ao nível das vias de comunicação em que estamos a trabalhar para concretizar no atual mandato, esta é uma intervenção com importante impacto para a estratégia global de reforçar a atratividade local e a qualidade de vida das populações”, justifica a presidente da Câmara de Vila Verde.

O conjunto de requalificações já em curso contempla três lotes de intervenções e o prazo para conclusão das empreitadas é de seis meses.

Com um valor de 570 mil euros, o Lote 1 do concurso contempla repavimentações na EM 539-1 em Arcozelo, no CM 1168 em Parada de Gatim e na Avenida das Eiras na Ribeira do Neiva.

O Lote 2, com obras estimadas em 520 mil euros, abrange intervenções nas ruas João Paulo II e de Fáfias (Vila Verde), na Rua do Castelo (na zona da igreja paroquial de Barbudo) e nas ruas S. Salvador e do Pinhal (entre Esqueiros e Vila Verde e Barbudo) – sendo que neste caso está incluída a colocação de condutas de saneamento e águas pluviais.

O Lote 3 representa um investimento de 670 mil euros e prevê repavimentações na Rua Salgado Zenha e nas ruas de Sampaio, da Torre e Travessa do Calvário (Soutelo), na Rua da Gândara (Turiz), na Rua Sobreiro Botão e Rua Barrumau (Lage), em parte do CM 1167 (Escariz) e na Rua do Bom Despacho (Cervães).