twitter

Bombeiros de Guimarães convidam jovens a ingressar nas suas fileiras

Bombeiros de Guimarães convidam jovens a ingressar nas suas fileiras
Fotografia DR

Redação

Publicado em 21 de setembro de 2023, às 12:11

Nova escola de formação de bombeiros arranca em outubro

  Os Bombeiros de Guimarães lançaram, ontem, uma nova campanha para angariar jovens voluntários para as suas fileiras. A corporação convida todos os jovens com idades entre os 18 e os 45 anos a ingressar na próxima escola de bombeiros, que vai decorrer a partir do próximo mês de outubro.

 A nova campanha dos Bombeiros Voluntários de Guimarães tem como slogan “Vem Ser Bombeiro/a” e tem como principal objetivo mostrar que qualquer jovem, de ambos os sexos, pode abraçar a nobre causa de ser bombeiro ou bombeira. Os jovens, do sexo masculino e feminino, que desejem abraçar a carreira de bombeiro podem facilmente inscrever-se através do telemóvel 918 739 609 e ingressar na próxima escola de formação que terá início em outubro.

 «Esta é mais uma oportunidade para todas e todos os jovens interessados se juntarem à nossa família e poderem abraçar uma carreira simultaneamente desafiante e aliciante. Todos são sempre muito bem-vindos à nossa família e todos desempenham tarefas extraordinárias, que podem fazer muita diferença na nossa sociedade», salienta João Pedro Castro, presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Guimarães.

 «A formação de novos bombeiros garante a continuidade do bom serviço continuamente prestado pela nossa corporação, enriquece também todos os participantes e a nossa sociedade», valoriza o comandante Bento Marques, acrescentando que ser bombeiro voluntário «pode também ser uma aposta no futuro, através de uma formação contínua e enriquecimento de competências, que abrem novas perspetivas profissionais aos jovens candidatos». Além disso, os bombeiros voluntários usufruem de vários direitos e regalias, de que são exemplos o reembolso de propinas e taxas de inscrição e justificação de faltas, a isenção de taxas moderadoras no SNS, entre outras.