twitter

Campus da Proteção Civil de Famalicão recebeu meio aéreo

Campus da Proteção Civil de Famalicão recebeu meio aéreo
Fotografia DR

Redação

Publicado em 09 de agosto de 2023, às 12:06

Helicóptero ligeiro de ataque inicial e respetiva tripulação chegaram ontem a Bairro

O Campus da Proteção Civil de Famalicão recebeu um meio aéreo do Dispositivo Especial de Incêndios Rurais (DECIR). O helicóptero ligeiro de ataque inicial para missões de atividade de proteção e socorro “estacionou” ontem em Bairro, freguesia onde está instalado o Campus, juntamente com uma tripulação composta por cinco elementos da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da Guarda Nacional Republicana.

Para além da tripulação do helicóptero, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) também afetou ao Centro de Meios Aéreos de Vila Nova de Famalicão (CMA), sedeado no Campus da Proteção Civil, uma equipa do Serviço de Brigada de Salvamento e Luta Contra Incêndios composta por três elementos, e um operador de telecomunicações dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave.

 

“O Protocolo de Colaboração celebrado entre a Câmara Municipal de Famalicão, a ANEPC e a Associação dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave deu mais um fruto” referiu o Presidente da Câmara Municipal, Mário Passos. “Com este meio aéreo e a equipa que o acompanha, a região Norte fica melhor preparada para prevenir catástrofes e salvaguardar a segurança de cidadãos e bens. Será, sem dúvida, um recurso valioso no combate aos incêndios rurais”.

Recorde-se que a Câmara Municipal celebrou em julho do ano passado o Protocolo de Colaboração com a ANEPC e a Associação dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave, no qual a autarquia se comprometeu a ceder à ANEPC, a título precário e gratuito, o direito à utilização da Base de Apoio Logístico (BAL) e do Heliporto Municipal, permitindo, de igual modo, a possibilidade de usufruir de todas as valências do Campus da Proteção Civil de Famalicão.

O Campus contempla o Centro Municipal de Proteção Civil, o Centro de Meios Aéreos e uma Base de Apoio Logístico, com capacidade para assegurar alojamento a cerca de uma centena de operacionais, para reforço de meios, bem como a Base da Equipa de Análise e Uso do Fogo (EAUF) da Força Especial de Proteção Civil (FEPC) da ANEPC, que funciona durante todo o ano.