twitter

GNR deteve quase 340 pessoas na semana passada, a maioria por condução sob efeito de álcool

GNR deteve quase 340 pessoas na semana passada, a maioria por condução sob efeito de álcool
Fotografia DR

Publicado em 24 de fevereiro de 2024, às 14:43

Houve também detenções por condução sem habilitação legal, furto, roubo, tráfico de droga, violência doméstica, posse ilegal de armas e arma proibida.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou este sábado que deteve 340 pessoas entre os dias 16 e 22 de fevereiro, em todo o país. 

A maior parte das detenções ocorreu por condução sob o efeito de álcool (102) ou sem carta de condução (70), mas também 25 por tráfico de droga, 25 por furto e roubo, 15 por violência doméstica e 12 por posse ilegal de armas e arma proibida.

A Guarda salientou que estas detenções, em flagrante delito, resultaram de operações realizadas em todo o território nacional entre os dias 16 e 22 de fevereiro, além da atividade operacional diária, com o objetivo de prevenção e combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, bem como de fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional. Entre as restantes detenções, destacam-se  por furto e roubo, nove por violência doméstica e nove por posse ilegal de armas e arma proibida.

Os militares apreenderam, durante este período 677 doses de haxixe, 53  doses de MDMA, 169 doses de liamba, 223 doses de heroína, 200 doses de cocaína, 32 doses de óleo de canábis, 18 armas de fogo, 15 armas brancas ou proibidas, 350 munições e 19 viaturas.

 

Quanto à fiscalização de trânsito, foram detetadas 4 689 infrações detetadas, destacando-se 1 328 por excessos de velocidade, 543  por falta de inspeção periódica obrigatória, 318 relacionadas com tacógrafos, 252 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 243 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 157 por falta de seguro de responsabilidade civil, 149 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução e 133 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.