twitter

Denúncias de cibercrime quase duplicaram em 2022 - Ministério Público

Denúncias de cibercrime quase duplicaram em 2022 - Ministério Público
Fotografia Unsplash

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 31 de agosto de 2023, às 08:55

As denúncias de cibercrime quase duplicaram em 2022, mantendo a tendência de aumento e de agravamento registada nos últimos anos, adiantou hoje o Ministério Público (MP).

Segundo o relatório síntese da atividade do MP, hoje publicado, ao longo de 2022 “foram tramitadas” mais de duas mil denúncias, das quais 359 encaminhadas para o MP, sobretudo para o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.

Foram ainda remetidas 19 denúncias para a Polícia Judiciária.

“No ano de 2022 manteve-se a tendência desenhada desde o início do procedimento, de aumento crescente, de ano para ano, das denúncias entradas e também daquelas que foram encaminhadas para abertura de inquérito. Esta tendência tem-se agravado nos últimos anos. Confirmando a realidade já observada em 2020 (544) e 2021 (1.160), em 2022, as denúncias recebidas quase duplicaram em relação ao ano anterior (2.124), o que corresponde a um aumento de 83,1%”, lê-se no relatório.

A Lusa questionou a Procuradoria-Geral da República (PGR) para obter mais esclarecimentos sobre estes dados, nomeadamente os inquéritos abertos, e aguarda resposta.

O relatório destaca ainda as diversas ações de alerta desenvolvidas pelo Gabinete Cibercrime do MP referentes a ações maliciosas de ‘phishing’ com bancos e cartões bancários e também falsas notificações policiais.