twitter

JMJ: DGS pede aos peregrinos para beberem água e usarem protetor solar

JMJ: DGS pede aos peregrinos para beberem água e usarem protetor solar
Fotografia Flickr

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 03 de agosto de 2023, às 16:11

A Direção-Geral de Saúde (DGS) recomendou hoje aos participantes na JMJ que procurem ambientes frescos, bebam água, utilizem protetor solar e optem por refeições leves devido ao aumento das temperaturas previsto a partir de sexta-feira.

Depois do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) ter emitido hoje devido ao calor um aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, para sábado e domingo, em Lisboa, a DGS pede aos peregrinos que, sempre que possível, procurem ambientes frescos e arejados ou climatizados.

Além disso, a DGS aconselha-os a beber pelo menos um litro e meio de água por dia e sumos de fruta natural sem adição de açúcar, assim como recomenda que evitem o consumo de bebidas alcoólicas.

Optar por refeições leves e frescas e utilizar protetor solar, roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol com proteção ultravioleta são outros conselhos.

A DGS sugere ainda aos jovens que escolham as horas de menor calor para grandes deslocações e façam pausas frequentes durante o dia, descansando e dormindo.

O IPMA indicou que o aviso laranja para o distrito de Lisboa, onde milhares de pessoas participam na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), um evento presidido pelo Papa Francisco, vai estar ativo a partir das 00:00 de sábado.

As previsões do IPMA apontam para valores muito elevados da temperatura máxima para Lisboa, estando previsto para sábado 37 graus Celsius e para domingo 40 graus.

O aviso laranja é emitido pelo IPMA quando existe uma situação meteorológica de risco moderado a elevado.

Lisboa está a ser palco da Jornada Mundial da Juventude, com a presença do Papa Francisco e que, até domingo, reúne mais de um milhão de peregrinos de todo o mundo.