twitter

Governo dá apoio de 30 euros a famílias mais pobres

Governo dá apoio de 30 euros a famílias mais pobres
Fotografia Lusa

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 24 de março de 2023, às 12:51

Ministros das Finanças, Segurança Social e Presidência anunciaram novas medidas.

O ministro das Finanças, Fernando Medina, disse esta sexta-feira que o Governo vai dar um novo apoio mensal de 30 euros às famílias mais pobres para compensar a subida do custo de vida.

Segundo Medina, o pagamento deste apoio será automático e feito de forma trimestral, vigorando entre janeiro e dezembro deste ano.

A ministra da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, explicou que este apoio será pago em abril, junho, agosto e novembro (de 90 euros de cada vez, no total de 360 euros por ano) e apelou para que as famílias façam a atualização dos seus dados na Segurança Social porque será pago exclusivamente por transferência bancária.

Segundo a informação hoje dada no Ministério das Finanças, este apoio chegará a cerca de um milhão de agregados familiares.

Haverá ainda um complemento extraordinário de 15 euros por criança e jovem para os beneficiários do abono de família (180 euros por ano), o qual também será pago trimestralmente (em maio, junho, agosto e novembro).

No total, disse Ana Mendes Godinho, um casal com dois filhos abrangido por estas medidas terá um apoio de 720 euros este ano.

No total, este apoio às famílias mais vulneráveis terá um custo de 580 milhões de euros.

O apoio de 15 euros chegará a 1,1 milhões de crianças e jovens.

A medida foi anunciada hoje numa conferência de imprensa conjunta dos ministros da Presidência, Mariana Vieira da Silva, Finanças, Fernando Medina, e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, que está a decorrer em Lisboa, para apresentar o novo pacote de ajudas para mitigar o aumento do custo de vida.