twitter

Emissões de gases poluentes recuam 4% na UE no 4.º trimestre de 2023

Emissões de gases poluentes recuam 4% na UE no 4.º trimestre de 2023
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 15 de maio de 2024, às 12:29

Segundo divulgou o Eurostat

As emissões de gases com efeito de estufa (GEE) geradas pela atividade económica na União Europeia (UE) recuaram 4% no quarto trimestre de 2023, face ao período homólogo, divulga hoje o Eurostat.

O serviço estatístico europeu estima que as emissões de GEE pela economia da UE atingiram as 897 milhões de toneladas de equivalente de CO2 (CO2e), face às 935 milhões de toneladas de Co2e do quarto trimestre de 2022, sem comprometer o Produto Interno Bruto (PIB) do bloco, que subiu 0,2% no mesmo período.

Entre outubro e dezembro de 2023, os setores económicos responsáveis pelas maiores reduções homólogas de emissões de GEE foram o do gás e eletricidade (-17,2%), e do fabrico (-3,1%).

Entre os Estados-membros, a Estónia (-23%), a Bulgária (-17,0%) e a Finlândia (-9,0%) registaram os maiores cortes nas emissões poluentes, enquanto Malta (7,7%), Eslovénia (5,6%), Chipre (2,3%), Eslováquia (1,7%) e Grécia (0,3%) viram as suas aumentar.

Portugal está entre os 11 estados-membros que reduziram as emissões de gases com efeito de estufa, 2,1% no caso nacional, ao mesmo tempo que o PIB aumentou.

O dióxido de carbono equivalente (CO2e) é uma medida internacional que tem como finalidade estabelecer a equivalência entre todos os gases com efeito de estufa.