twitter

UE compra 12 aviões de combate a incêndios a entregar em 2027, incluindo em Portugal

UE compra 12 aviões de combate a incêndios a entregar em 2027, incluindo em Portugal
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 25 de março de 2024, às 14:01

A Comissão Europeia anunciou hoje uma verba de 600 milhões de euros para a aquisição de 12 novos aviões de combate a incêndios que serão repartidos em 2027 por seis Estados-membros, incluindo Portugal.

 

Segundo um comunicado do executivo europeu, as 12 aeronaves irão aumentar a capacidade de combate aéreo a incêndios do instrumento rescEU.

Os 12 novos aviões, que ficarão em seis Estados-membros da UE – Portugal, Espanha, França, Itália, Croácia e Grécia – e serão utilizados no combate a fogos na UE, particularmente durante os meses de verão, mais propensos a fogos florestais de grande escala.

As aeronaves só serão entregues a partir de 2027, prevendo-se que a atual frota de transição da rescEU se mantenha operacional até lá.

O rescUE permite que a UE reaja rapidamente perante uma emergência transnacional grave.

O orçamento total do Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia no quadro financeiro plurianual 2021-2027 é de 3,1 mil milhões de euros.