twitter

JMJ: Pelo menos 600 moçambicanos vão participar no evento

JMJ: Pelo menos 600 moçambicanos vão participar no evento
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 17 de julho de 2023, às 17:44

Pelo menos 600 moçambicanos vão participar na Jornada Mundial da Juventude 2023 (JMJ), a realizar-se em agosto em Lisboa, anunciaram hoje as autoridades de Moçambique.

“Moçambique conta com 600 jovens que tomarão parte deste evento mundial e nem todos partirão do nosso país, alguns estão fora e inscreveram-se na mesma e lá nos encontraremos”, disse o padre Simião Muchanga, durante um encontro com os peregrinos, em Maputo.

Do total de moçambicanos inscritos para a JMJ Lisboa 2023, 400 peregrinos vão partir de Moçambique e os restantes 200 de outros pontos do mundo, incluindo Portugal.

Osvaldo Petersburgo, secretário de Estado da Juventude e Emprego de Moçambique, quer que os peregrinos levem para o evento a “rica experiência” do país na promoção da paz, união e fraternidade, referindo que é a primeira vez que participam 600 jovens moçambicanos numa JMJ.

“Promovam o bom nome de Moçambique e promovam também a nossa bandeira”, frisou Osvaldo Petersburgo.

Para Marcela Mabunda, 20 anos, está será também uma oportunidade para a troca de experiências com outros jovens do mundo.

“Vamos também mostrar ao mundo que existimos […] e que principalmente somos todos igreja, quer em África, Europa ou Ásia. A igreja é uma só e essa unidade dos filhos de Deus é o que mais me atrai”, vincou Marcela, que vai participar pela primeira vez numa JMJ e como voluntária.

“Esperamos que nos próximos anos Moçambique possa acolher também a jornada”, disse o padre Simião Muchanga.

Lisboa foi a cidade escolhida pelo Papa Francisco para a próxima edição da Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer entre 01 e 06 de agosto, com as principais cerimónias no Parque Eduardo VII e no Parque Tejo, a norte do Parque das Nações, na margem ribeirinha do Tejo.

A JMJ nasceu por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

O Papa Francisco foi a primeira pessoa a inscrever-se na JMJ Lisboa 2023, em 23 de outubro de 2022, no Vaticano, após a celebração do Angelus.