twitter

Quase 22% da população da UE estava em 2022 em risco de pobreza ou exclusão social

Quase 22% da população da UE estava em 2022 em risco de pobreza ou exclusão social
Fotografia Unsplash

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 14 de junho de 2023, às 14:44

Portugal registou uma taxa de 20,1%.

Um total de 95,3 milhões de pessoas estava em risco de pobreza ou exclusão social na União Europeia (UE) em 2022, representando 21,6% da população do bloco. Portugal registou uma taxa de 20,1%, divulgou esta quarta-feira o Eurostat.

Na UE, de acordo com os dados do serviço estatístico europeu, manteve-se praticamente inalterada de 2021 para 2022 a taxa da população em risco de pobreza ou exclusão social, ou seja, que vivem em agregados familiares onde há pelo menos um dos três riscos de pobreza e exclusão social: risco de pobreza, privação material ou social severa e/ou estar inserido num agregado com intensidade laboral muito reduzida.

Entre os Estados-membros, as maiores taxas de risco de pobreza ou exclusão social foram registadas, no ano passado, na Roménia (34%), Bulgária (32%), Grécia e Espanha (26% cada) e as menores na República Checa (12%), Eslovénia (13%) e Polónia (16%). Portugal apresentou uma taxa de 20,1%, um recuo face aos 22,4% de 2021 e em linha com os 20% de 2020, ocupando o 12.º lugar da tabela dos Estados-membros.