twitter

Artur Jorge descarta fazer gestão do plantel frente ao Casa Pia

Artur Jorge descarta fazer gestão do plantel frente ao Casa Pia
Fotografia SCB

José Costa Lima

Jornalista

Publicado em 29 de dezembro de 2023, às 14:19

SC Braga joga amanhã, às 18h00, em Rio Maior

O técnico Artur Jorge descarta fazer gestão no plantel do SC Braga para o jogo de amanhã (18h00) frente ao Casa Pia, mesmo tendo em conta o exigente calendário que o mês de janeiro vai trazer para os arsenalistas. «Será importante acabar a ganhar e começar a ganhar. Vamos ter uma equipa com dinâmicas diferentes das que teve já no início desta época, com ideias do novo treinador, que alterou a sua forma de jogar, com mais gente por dentro, que vem de uma vitória em Chaves», disse.

Leia aqui tudo o que o treinador do SC Braga disse na conferência de imprensa de antevisão do jogo frente ao Casa Pia:

Novo jogo frente ao Casa Pia

A importância de ganhar, independentemente do momento, é muito grande. Será importante acabar a ganhar e começar a ganhar. Vamos ter uma equipa com dinâmicas diferentes das que teve já no início desta época, com ideias do novo treinador, que alterou a sua forma de jogar, com mais gente por dentro, que vem de uma vitória em Chaves e, por isso, espero uma equipa difícil. Mas, uma vez mais, temos de olhar para nós com ambição de somar três pontos, continuando o nosso percurso. 

 

Mês de janeiro muito exigente. Será o seu maior desafio desde que assumiu a equipa? 

Não sei se será o maior desde que estou cá, mas teremos um mês tremendamente difícil, pois vamos estar em três provas diferentes. Esperamos que sejam sete jogos, com grande dificuldade, contra equipas que estão em posições cimeiras. Sete jogos, assim esperamos, onde teremos grandes dificuldades, mas espero que possamos dar uma resposta. Vamos ter um mês que pode ser decisivo no que temos pela frente, nomeadamente na Taça de Portugal e Taça da Liga, mas também no campeonato, onde queremos cimentar os lugares cimeiros.

  

Vai fazer gestão do plantel frente ao Casa Pia a pensar nos próximos jogos ? 

Falo em densidade [competitiva], mas a minha densidade emocional passa toda para o Casa Pia. Temos de nos focar completamente neste jogo para ultrapassar este adversário. 

 

 Considera pedir reforços dado que Banza e Niakaté vão para a CAN em janeiro?

Já sabia que íamos ter esta competição que iria retirar três dos nossos jogadores, pois junto também o Assué. Estou muito satisfeito com o plantel que tenho, teremos de improvisar em alguns jogos face às perdas que vamos ter. O mercado resume-se a oportunidades e há muitos jogadores cobiçados internamente.  

 

Haverá saídas de jogadores que pretendam jogar com mais regularidade? 

Não acredito que haja algum jogador que queira sair, jogando mais ou menos. Há uma maior satisfação de quem joga mais, mas o que sei é que os jogadores do SC Braga estão cá de corpo e alma, fazem parte de um projeto ganhador e sentem orgulho por vestir a camisola do SC Braga.  

 

A experiência de José Fonte que fez recentemente 40 anos

Tem sido dos mais utilizados. Temos de gerir para rentabilizar o atleta, no sentido de o ter nas melhores condições. Traz experiência, compromisso e maturidade competitiva. É um exemplo para os jovens no seu empenho diário. Posso falar do José Fonte como do Moutinho, do Castro, do Paulo Oliveira, que treinam muito melhor do que jogadores com 20 e poucos anos. 

Como estão Al Musrati e Djaló? continuam lesionados? 

Sim, e estão fora para este jogo. 

Para defrontar o Casa Pia, Artur Jorge também não vai poder contar com José Fonte, castigado.