twitter

Portugal, Espanha e Marrocos assinam acordo de candidatura ao Mundial2030

Portugal, Espanha e Marrocos assinam acordo de candidatura ao Mundial2030
Fotografia FPF

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 30 de novembro de 2023, às 11:41

O acordo “é um compromisso assumido pelas três federações de futebol de respeitarem as regras e o quadro que regem o processo de candidatura”.

As federações portuguesa, espanhola e marroquina de futebol assinaram esta quarta-feira o acordo que oficializa a candidatura dos três países à organização do Mundial2030, anunciaram esta quinta-feira os organismos.

Este acordo “é um compromisso assumido pelas três federações de futebol de respeitarem as regras e o quadro que regem o processo de candidatura”, sendo este também um documento guia que oferece “orientações sobre os principais aspetos técnicos da candidatura, como os critérios de promoção e avaliação”, lê-se no comunicado.

O Mundial2030, que marca o 100.º aniversário da primeira edição do campeonato, é visto pelas três federações como uma oportunidade de “mostrar as suas culturas únicas, a fim de promover uma maior colaboração entre a Europa, a África e o resto do mundo, assegurando ao mesmo tempo que o evento seja sustentável e acolhedor para os adeptos de todas as idades e origens”.

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, referiu que este acordo representa “um momento marcante” para as três federações e para o futebol dos três países, referindo que após esta assinatura os organismos vão começar os trabalhos e garantiu que a candidatura e o plano de torneio “impressionarão os adeptos de futebol de todo o mundo”.

O líder da Federação Marroquina de Futebol, Fouzi Lekjaa, sublinhou o crescimento do futebol no seu país graças “à liderança de [rei] Mohammed VI” e referiu que este será o primeiro Campeonato do Mundo masculino a ser realizado entre continentes, mas também o primeiro a ser sediado em Marrocos e em Portugal, sendo que a Espanha já realizou o Mundial de 1982.

Já o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Pedro Rocha, agradeceu a confiança demonstrada pela FIFA e sublinhou que as três federações estão “conscientes da enorme responsabilidade que implica a organização de um Campeonato do Mundo da FIFA”.

No dia 4 de outubro, o Conselho da FIFA acordou de forma unânime a candidatura de Portugal, Espanha e Marrocos, sendo o jogo inaugural disputado em Montevidéu, no Uruguai, onde foi realizada a primeira edição do Campeonato do Mundo. Também o Paraguai e a Argentina vão acolher um jogo.

As três federações apresentaram a sua candidatura a 28 de outubro, em Rabat, Marrocos, e a FIFA recebeu a declaração de interesse em organizar a competição no dia 31 do mesmo mês.