twitter

Taça de Portugal: SC Braga reencontra o Portimonense três semanas depois do 6-1 a favor dos arsenalistas

Taça de Portugal: SC Braga reencontra o Portimonense três semanas depois do 6-1 a favor dos arsenalistas
Fotografia DR

José Costa Lima

Jornalista

Publicado em 25 de novembro de 2023, às 11:10

«É decisivo e temos de fazer muito melhor»

A recente goleada imposta pelo SC Braga há menos de um mês ao Portimonense, então na Pedreira e para o campeonato, podia servir de referência para o reencontro de hoje entre as duas equipas. No entanto, Artur Jorge prefere retirá-lo da memória dos jogadores para que a ilusão de facilitismo não deite por terra um objetivo da temporada. O técnico fala numa «autêntica final» aquela que se vai disputar a partir das 15h30 no Algarve e destaca que este embate, agora para a Taça de Portugal, vai obrigar a uma exigência maior por parte dos guerreiros.

«Espero um jogo decisivo e, devido a esse caráter, muito difícil. Não olhando para o último encontro como referência, em que ganhámos com toda a justiça, o jogo em Portimão vai exigir muito de nós. Considero que vai ser ainda mais difícil e obriga-nos a fazer muito mais do que o que fizemos em Braga. O objetivo é seguir em frente. A vitória pareceu-me justa [jogo do campeonato, por 6-1], tivemos uma primeira parte ligeiramente abaixo, mas com coisas interessantes, com domínio, e uma segunda parte bem mais eficaz e forte. Não queria destacar o resultado [6-1], é o que é e nesta altura queremos ganhar em Portimão. 1-0 chega para continuar a nossa caminhada da Taça de Portugal», resumiu Artur Jorge. Na cabeça do grupo de trabalho, não estará, garante, o jogo seguinte e igualmente decisivo. «Não creio que possa haver esse perigo. Nunca será nossa abordagem direta pensar no que temos na quarta-feira e não falámos vez nenhuma do Union Berlim. Sabemos das dificuldades que vamos ter em cinco dias, duas finais autênticas, uma para seguirmos na Taça de Portugal e outra para continuar a sonhar na Liga dos Campeões. Há um foco direcionado para Portimão para não nos desviarmos da importância deste jogo e das nossas responsabilidades», juntou o treinador do SC Braga, sem deixar dúvidas quanto à meta a atingir na prova rainha.

 «Vamos tentar ter como referência o ano anterior, em que chegámos à final [derrota contra o FC Porto], e esse é o objetivo», afirmou o treinador, precavido com as bolas paradas que poderão ser o argumento mais forte a utilizar pelos algarvios no duelo de hoje. «Tivemos o cuidado de estudarmos e fazer as coisas em cima desse jogo [SC Braga-Portimonense], mas também contra o Chaves, por exemplo. Temos de fazer muito melhor para vencer este Portimonense», fez notar. Elogios a Rodrigo A fechar a conferência de antevisão ao encontro em Portimão, Artur Jorge deixou elogios a Rodrigo Gomes, jogador dos quadros do SC Braga que está cedido por empréstimo ao Estoril. «É um caso de sucesso enquanto empréstimo, tem aproveitado a oportunidade, tem-no feito muito bem no clube e na seleção e é uma questão de tempo até regressar a Braga», indicou. Finalizado o treino matutino de ontem, a equipa do SC Braga viajou, de avião ao início da tarde, para o Algarve.