twitter

FC Famalicão quer ver responsabilizados os autores das ofensas a Otávio Ataíde

FC Famalicão quer ver responsabilizados os autores das ofensas a Otávio Ataíde
Fotografia FC Famalicão

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 30 de agosto de 2023, às 09:47

O Futebol Clube de Famalicão manifestou-se solidário com Otávio Ataíde.

O Futebol Clube de Famalicão manifestou-se solidário com Otávio Ataíde. O clube comprometeu-se a "envidar todos os esforços" para que sejam responsabilizados os autores das ofensas "racistas e xenófobas" ao futebolista brasileiro do clube, após o jogo com o Sporting.

“O Futebol Clube Famalicão – Futebol SAD demonstra a sua solidariedade com o jogador Otávio, visado por mensagens com conteúdos racistas e xenófobos nas redes sociais no final do último jogo da Liga Portugal”, pode ler-se no comunicado emitido pelo clube da I Liga.

Na mesma nota, o Famalicão assegurou que tudo fará para que os autores das ofensas nas redes sociais sejam punidos. “Toda a estrutura do Futebol Clube de Famalicão coloca-se ao lado do jogador em todos os momentos, comprometendo-se a envidar todos os esforços para que os prevaricadores sejam responsabilizados pelas suas ações”, refere o clube.

Otávio Ataíde revelou hoje ter recebido nas suas redes sociais insultos racistas, na sequência da visita do Famalicão ao Sporting, no domingo, para a terceira jornada da I Liga, que os ‘leões’ venceram por 1-0. “No dia 27/08/2023 [no domingo], logo após o jogo entre Sporting e Famalicão, sofri graves ofensas numa rede social. Adeptos da equipa que acabávamos de enfrentar enviaram-me mensagens de cunho racista e xenófobo”, escreveu o central, de 21 anos, na sua página no Instagram.

Na mesma publicação, o jogador contratado esta temporada pelo emblema minhoto divulgou imagens das mensagens recebidas. “Tenho muito orgulho da cor da minha pele e do país de onde vim. O meu caráter e o meu profissionalismo foram moldados no lugar onde nasci e cresci. Em pleno século XXI, com todos esses anos de luta pela igualdade, ainda vemos cenários de racismo. Recentemente, houve o episódio envolvendo o Vinícius Jr. que comoveu o mundo e, mesmo assim, parece que algumas pessoas ainda não aprenderam que somos todos iguais. Essa não é uma luta só minha, mas de todos e não abro mão”, rematou.