twitter

Adrián Marín para a esquerda

Adrián Marín para a esquerda
Fotografia DM

José Costa Lima

Jornalista

Publicado em 17 de junho de 2023, às 14:09

Lateral espanhol do Gil Vicente vai assinar pelo SC Braga

Adrián Marín vai ser jogador do SC Braga, apurou o Diário do Minho. O lateral-esquerdo, de 26 anos, que na última temporada representou o Gil Vicente, deverá ser apresentado já na próxima semana, faltando apenas conhecer a duração do vínculo contratual com o novo clube do defesa espanhol.

A estreia de Adrián Marín na I Liga foi apadrinhada pelo FC Famalicão, em 2021/22, por empréstimo do Granada, altura em que o “Fama” era treinado por Ivo Vieira. Os números apresentados pelo futebolista impressionaram a crítica – quatro golos e duas assistências em 33 jogos – assim como os responsáveis do Gil Vicente que, em 2022/23 e por indicação de Ivo Vieira (o técnico mudou-se entretanto de Famalicão para Barcelos), asseguraram o esquerdino de 26 anos em definitivo junto do Granada.

A campanha realizada nos galos, na época finda, foi menos exuberante em comparação com a anterior – 37 encontros realizados mas sem qualquer golo marcado –, embora suficiente para convencer os responsáveis do SC Braga a ver nele uma opção válida para o corredor esquerdo, posição que Artur Jorge quer ver reforçada neste defeso.

Formando no Villarreal, Adrián Marín nunca se conseguiu impor na equipa sénior do submarino amarelo e, depois de passagens por Leganés, Alavés e Granada, sem- pre com poucos encon- tros acumulados em cada um deles, foi em Portugal que se mostrou de forma regular e a merecer espe- cial atenção.

Depois de ter assegurado Vítor Carvalho junto do Gil Vicente, a SAD de António Salvador acertou a transferência de Marín por um valor a rondar o meio milhão de euros e a cedência de um jogador a título definitivo - Bruno Rodrigues, central de 22 anos, vai reforçar os gilistas.

 

Borja ou Sequeira: um vai sair

A entrada de Marín na equipa de Artur Jorge faz com que um dos dois laterais atuais do plantel siga o caminho inverso. Sequeira e Borja têm propostas e podem deixar a Pedreira neste defeso, sendo certo que apenas um deles seguirá para outras paragens.

Nenhum deles está certo para 2023/24 e, mediante as propostas apresentadas, a SAD está disponível para prescindir de um canhoto, mediante naturalmente os números apresentados. Borja, de 30 anos, assinou até 2025 e Sequeira, de 32, vai entrar no último ano de contrato.