Fotografia: DR

Médio do FC Barcelona Gavi conquista prémio ‘Golden Boy’

Na lista final, além de Gavi e dos três lusos, concorriam ao prémio jogadores como o francês Eduardo Camavinga (Real Madrid), o inglês Jude Bellingham (Borussia Dortmund) e o alemão Jamal Musiala (Bayern Munique).

Redação / Lusa
21 Out 2022

O médio espanhol do FC Barcelona Gavi conquistou o prémio ‘Golden Boy’, que distingue o futebolista mais promissor a atuar na Europa com menos de 21 anos, atribuído hoje pelo jornal italiano Tuttusport, em Palermo.

Poucos dias depois de ter sido galardoado com o Prémio Kopa, pela revista gaulesa France Football, Gavi superou a concorrência de uma lista de 20 nomeados, na qual constavam os portugueses Nuno Mendes (Paris Saint-Germain), Fábio Carvalho (Liverpool) e António Silva (Benfica), que entrou diretamente na última atualização, em 14 de outubro.

Gavi, de apenas 18 anos, sucede ao compatriota Pedri González, companheiro de equipa no emblema catalão, algo que aconteceu pela segunda vez com dois jogadores do mesmo país, depois dos brasileiros Anderson e Alexandre Pato terem conseguido em 2008 e 2009, respetivamente.

Na lista final, além de Gavi e dos três lusos, concorriam ao prémio jogadores como o francês Eduardo Camavinga (Real Madrid), o inglês Jude Bellingham (Borussia Dortmund) e o alemão Jamal Musiala (Bayern Munique).

No setor feminino, a internacional portuguesa Kika Nazareth, centrocampista do Benfica, de 19 anos, era uma 10 das finalistas a vencer a primeira edição do prémio ‘Golden Girl’, mas o galardão foi para Nicole Arcangeli, avançada da Juventus, de Itália, que superou umas das favoritas Jule Brand, jogadora do Wolfsburgo, que se sagrou vice-campeã europeia pela Alemanha, em julho.

Os prémios serão entregues no dia 07 de novembro, em Turim, Itália.





Notícias relacionadas


Scroll Up