Fotografia: Avelino Lima

Comité Organizador Local das Jornadas Mundiais da Juventude reuniu em Braga

Juntou 38 pessoas no Centro Pastoral Arquidiocesano

Luís Filipe Silva
13 Jul 2020

D. Américo Aguiar e D. Joaquim Mendes presidiram hoje à reunião do Comité Organizador Local das Jornadas Mundiais da Juventude (COL) em Braga e que decorreu com a presença de 38 pessoas (Açores, Madeira e Forças Armadas marcaram presença através da plataforma zoom.

O principal objetivo deste encontro realizado em Braga, o primeiro após a pandemia de Covid-19 que forçou ao adiamento da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2022 para 2023, foi recalendarizar as atividades entretanto suspensas, segundo palavras de D. Américo Aguiar ao Diário do Minho.
«Esta reunião dá sequência aos trabalhos que estão a ser desenvolvidos no âmbito de cada uma das Dioceses» e em cima da mesa foram discutidos diversos temas relativos à preparação das Jornadas Mundiais da Juventude, agendadas agora para o verão de 2023, na capital portuguesa.
«Falámos sobre recalendarizar tudo o que anda à volta da apresentação do hino, do logotipo e o acolhimento dos símbolos das Jornadas em Roma, a cruz e o ícone, que eram para terem sido realizadas no Domingo de Ramos mas que também foram cancelados», frisou.
D. Américo Aguiar espera agora que no final deste verão haja um hino e um logotipo preparados e que o acolhimento dos símbolos das Jornadas se realizem em novembro próximo «no fim-de-semana do Cristo Rei».

 

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up