Fotografia: Alexandre Gonzaga

Arcebispo adverte religiosos que a sociedade exige «novas formas de presença da Igreja»

Basílica dos Congregados acolheu a comemoração do Dia do Consagrado

Alexandre Gonzaga
3 Fev 2019

O Arcebispo Primaz lembrou que «as periferias existenciais, situações de verdadeiro descarte social, que marcam a sociedade contemporânea, exigem novas formas de presença da Igreja com serviços competentes».
Na homilia que proferiu durante a missa comemorativa do Dia do Consagrado, D. Jorge Ortiga garantiu que «bastará redescobrir a responsabilidade batismal e juntar forças e imaginação para tornar o mundo mais belo e habitável para todos».
No final da celebração eucarística, foram homenageados os religiosos que cumpriram 25, 50 e 75 anos de vida consagrada em 2018.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up