Fotografia: DR

Jovens cientistas portugueses entre os melhores na China

Jovens cientistas aplicaram uma técnica tradicional chinesa, o Qigong, visando diminuir a ansiedade nos estudantes.

Redação
22 Ago 2018

Portugal participou, pela primeira vez, na Feira Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (33ª CASTIC) que decorreu de 14 a 20 de agosto, em Chongqing, na China.

Para Portugal vieram dois prémios, o 2º Prémio a nível internacional, e o prémio especial denominado “Chongqing Wutai Science and Technology Talent Award”atribuídos ao projeto Qigong como método de controlo da ansiedade nos estudantes, na área das Ciências Sociais.

Esta investigação foi desenvolvida pelos alunos António Dias e João Azevedo e orientada pelo Professor Nuno Francisco do Colégio Cedros, de Vila Nova de Gaia.

Os jovens estudantes conquistaram estes prémios com um projeto no qual através da aplicação de uma variante da Medicina Tradicional Chinesa, o Qigong, técnica baseada num conjunto de exercícios físicos, respiratórios e de meditação, testaram e verificaram que existia uma diminuição da ansiedade nos alunos, em especial quando sujeitos a momentos de avaliação. Os testes utilizados foram psicológicos e bioquímicos, todos comprovados cientificamente, com resultados muito positivos.

 





Notícias relacionadas


Scroll Up