Fotografia: DR

Trabalhadores Cristãos comprometidos em levar Cristo ao mundo laboral

Em abril, a LOC/MTC da Arquidiocese de Braga adianta que refletirá sobre a nova organização do trabalho, os horários laborais e, em particular, o trabalho ao domingo.

Redação/DM
18 Mar 2018

Os militantes da LOC/MTC da Arquidiocese de Braga estiveram ontem reunidos, em Braga, num encontro diocesano de formação para descobrir novas formas de encontrar o evangelho no mundo do trabalho. Neste encontro a reflexão do movimento contou com a colaboração do cónego João Aguiar Campos.

Em comunicado ao Diário do Minho, a Liga Operária Católica/Movimento dos Trabalhadores Cristãos, salienta que se encontram hoje «alguns aspetos positivos» no mundo do trabalho, como a diminuição do desemprego no geral.

«No entanto, a meta será sempre o pleno emprego. Procurou-se ver o trabalho como algo de positivo e a forma de ser presença evangélica neste meio», sustenta o movimento.

«O trabalho é sempre um dar e receber. Quando há transparência na apresentação de resultados e objetivos, em conjunto com os trabalhadores, os problemas das empresas resolvem-se e torna-se possível projetar um novo futuro. Colocados no centro e respeitados na sua dignidade, os trabalhadores são o mais importante capital; noutras circunstâncias perdem o medo e, quando necessário, dizem não, para obrigar a encontrar novas soluções que permitam uma harmonia entre a família e o trabalho», asseveram os trabalhadores cristãos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up