Região

Vídeo: Nuno Cerqueira

Saúde pública.

Nuno Cerqueira
7 Julho 2020

O Município de Vila Nova de Famalicão assinou hoje o auto de consignação da construção do novo Centro de Recolha Oficial de Animais (CROA) que vai substituir as atuais instalações do Canil Municipal.

A novidade é que esta nova casa dos animais errantes é uma que ninguém quer: capacidade modelar para albergar mais animais. «Atualmente são 160, mas o que queremos menos é que esta capacidade modelar do CROA nunca seja precisa», frisou o presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha.

De resto, a obra representa um investimento de mais de 500 mil euros e só não arrancou antes por causa da situação de emergência nacional devido ao Covid-19.

A empresa Fernando Silva & Cª, Lda tem agora um prazo de execução de 450 dias para dar uma nova casa ao CROA, situado no lugar de Sertãos, em Calendário. Implementado numa área de cerca de 5500 metros quadrados, este equipamento vai dotar Famalicão «de um espaço com condições para acolhimento e tratamento de animais errantes», disse ainda Paulo Cunha.

No total são 80 boxes para cães, 45 para gatos e quatro para outras espécies. Com este novo espaço vai ser possível melhor várias áreas como sanitários, controlar doenças, o bem-estar animal e segurança da população.


Outros Vídeos

Scroll Up