twitter

Frei Tomás, o bloquista

A personalidade revelou-se de forma evidente, passada que foi a contagem dos votos. Vergado pela derrota monumental, fez o que sempre criticou nos outros, nos colegas ditos mais conservadores e também nas empresas que recorriam ao despedimento de trabalhadores quando o mercado lhes era desfavorável. Na verdade, este Frei Tomás, o bloquista, ao contrário do outro, não disse palavra, pelo menos para o grande auditório, mas agiu. Com a corda ao pescoço, por lhe falharem recursos – a derrota levou-lhe vários milhões –, o devoto reestruturou a organização, fechou as secções que não conseguiram resultados, concentrou outras, e mandou vários trabalhadores para o olho da rua, não se sabe em que condições contratuais. Assim, tal e qual como criticava nos outros que mantinham colaboradores precários nos seus quadros organizacionais e os despediam quando não tinham dinheiro para lhes pagar. O monge de sorriso fácil deixou de ser exemplo que possa, doravante, despertar a adesão de novas clientelas. Afinal, o Frei não era intocável, pois à primeira dificuldade pôs o seu ideal em causa e quando teve de se conformar com a realidade, tal qual como em situações que antes criticara, falhou redondamente. Ao tomar consciência de como funcionava o mercado, que ele considerava dever ser regulado, para que as empresas e qualquer organização não procedessem à revelia dos direitos dos trabalhadores, amarrou-se ao que tinha à mão. Esqueceu-se, pelo menos por momentos, dos contratos por tempo indeterminado e de outras reivindicações de esquerda. Verdade, a sua empresa ficaria em risco de falência técnica se assim não decidisse. Mas, lá se foram os ideais, a sua fé! Não sei se continua crente como antes, mas admito que tenha ficado com dúvidas. Frei Tomás dizia-se de esquerda e da mais retinta, fazendo questão de se posicionar à esquerda de quaisquer outros que se dissessem progressistas. Na liga em que participava, orgulhava-se da sua posição de extremo. No entanto, nem sempre foi assim; só a partir do momento que procurou voar de forma independente de uma organização em que militou antes de se tornar bloquista, altura em que passou a considerar a narrativa e as suas propostas para a sociedade como as melhores para defender os direitos dos trabalhadores. Pode dizer-se que criticar é bem mais fácil do que aceitar a crítica. No caso, ser implacável com os outros e condescendente consigo próprio acabaria por se demonstrar uma hipocrisia. Como fará agora Frei Tomás bloquista o cálculo das indemnizações dos trabalhadores despedidos? Aplicará a lei em vigor, que o próprio detestava e considerava como sendo da época negra da troika, ou a que defendia com unhas e dentes antes da hecatombe e que exigia que fosse inscrita no documento macroeconómico para o país? Será curioso saber. Uma coisa é certa: quando voltar a falar no direito ao trabalho, no direito à efectividade, para só falar nesta parte do seu “produto”, Frei Tomás, o bloquista, não ousará mais utilizar o discurso anterior, a não ser que queira ser objecto de chacota. Ninguém compreenderia, nem mesmo que viesse com humildade dizer, como o seu homónimo, mas não concorrente de outras andanças, para se não fazer como ele fez, mas como dizia. Desde logo, porque, como político que é, tem de ser referência, um exemplo para os seus clientes, dos mais fervorosos aos mais cépticos, coisa que provou já não ser capaz.

Não se falou ainda como o colega comunista de Frei Tomás, o bloquista, que também passou pela mesma sorte que este, ajustará a quantidade de colaboradores à falta de clientela, mas pode bem estar a passar pela mesma experiência, só que o calo adquirido no passado do primeiro, quando a prática destoou da letra, ajudá-lo-á a disfarçar melhor a conjuntura. Pelo menos a questão da idade, a relativa longa resistência e a abundância de recursos financeiros, desde logo, a olhar para o património que se lhe conhece, farão com que aquele esteja bem melhor preparado para resistir a mostrar o desequilíbrio financeiro do exercício.


Autor: Luís Martins
DM

DM

29 março 2022