twitter

Reinventar Braga: Cinco Ideias para um Futuro Melhor

Braga, cidade bimilenar e em crescimento constante, enfrenta, hoje em dia, desafios urbanos complexos.

A falta de habitação acessível, as dificuldades sentidas pelo jovens na sua emancipação, a escassez de espaços verdes e as infinitas listas de espera nas creches são exemplos de problemas que requerem soluções inovadoras. A ausência de uma visão estratégica para a mobilidade sustentável e um desenvolvimento mais ecológico agravam a situação. 

É, por isso, hora de reavaliar abordagens, considerar novas ideias e protagonistas.

 


Promover Habitação Acessível e Desenvolvimento Urbano Sustentável 

A escassez de habitação acessível tem, hoje em dia, impactos adversos nos jovens e nas famílias. Inspirada pela visão de Jan Gehl, Braga deveria adoptar uma abordagem mais centrada nas pessoas, projetando novas áreas de construção com espaços verdes e acesso a serviços essenciais. Incentivos municipais para habitação acessível, somando-se aos do governo, ajudariam a redefinir o modelo de desenvolvimento urbano que queremos para Braga.


Priorizar a Educação e as Gerações Futuras


A existência de mais de 3000 crianças em listas de espera para creches e inúmeras escolas – cuja gestão compete directa e exclusivamente à Câmara de Braga – que carecem de intervenções urgentes de manutenção e conservação, evidenciam uma falta de cuidado, uma falta de reconhecimento da Educação como o grande motor de progresso e desenvolvimento social e humano de qualquer comunidade, é terrível para Braga e para o bem-estar das futuras gerações. Na esteira do pensamento de Enrique Peñalosa, Braga tem de investir em infraestrutura educativa de qualidade, promover políticas de transporte público seguro e sustentável para estudantes, assumindo a Educação como centralidade fundamental para uma visão progressista, corajosa e inclusiva para o nosso território e para a nossa comunidade.

 

 

 

Afirmar uma Mobilidade mais Sustentável

 


O trânsito excessivo, os engarrafamentos sem fim, o mau planeamento em obras fundamentais, assim como o péssimo estado de muita da rede viária, contribuem muito para que, actualmente, a mobilidade seja uma dor de cabeça para quem vive e visita Braga. Seguindo o pensamento de Edward Glaeser, Braga deve considerar investir estrategicamente em transportes públicos mais eficientes, ciclovias seguras e modelos de transporte partilhado. Transformar a mobilidade é vital para a qualidade de vida na cidade.

 


Cultivar a Ecologia Urbana 


A ausência, por parte da Câmara Municipal, de uma visão sustentável para o desenvolvimento urbano, limita profundamente o potencial verde de Braga. Inspirada por Sharon Zukin, a cidade deveria revitalizar algumas das suas áreas mais históricas, combinando a recuperação de edifícios antigos com o plantio de mais árvores e espaços verdes. A criação de parques verdes urbanos bem projetados, cobrindo os diferentes pontos cardeais do concelho, não só melhoraria a qualidade do ar, assim como ajudaria a baixar a temperatura, ao mesmo tempo que ofereceria novas áreas de lazer, fruição e convívio para as famílias bracarenses.

 

Promover a Participação Cidadã e a Equidade

 


Perante estes desafios, a participação cidadã é fundamental. Inspirada por David Harvey, Braga deveria criar novos espaços de debate público, reforçando o envolvimento dos cidadãos no planeamento urbano, nas decisões fundamentais para o nosso futuro colectivo. Também a adopção de novas políticas de inclusão social e programas de apoio aos mais vulneráveis, seguindo os princípios de Saskia Sassen, garantiria que o desenvolvimento da cidade seria mais equitativo e socialmente mais comprometido.

 


Braga tem todo o potencial para se transformar numa cidade que prioriza a qualidade de vida, a sustentabilidade e a inclusão. Adoptando estas cinco ideias-chave de pensadores influentes, a cidade poderia enfrentar com outra ambição os seus desafios futuros, criando um ambiente onde todos os cidadãos podem conviver de forma mais sadia e feliz.

 


Ao integrar habitação acessível, educação de qualidade, mobilidade sustentável, ecologia urbana e participação cidadã, Braga tem tudo para se tornar um exemplo inspirador de uma cidade que abraça o futuro com ambição e inovação.

Pedro Sousa

Pedro Sousa

9 agosto 2023