twitter

Trabalhadores cristãos incentivados a testemunhar o Evangelho e a construir a paz

Trabalhadores cristãos incentivados a testemunhar o Evangelho e a construir a paz galeria icon Ver Galeria
Fotografia

Jorge Oliveira

Jornalista

Publicado em 28 de outubro de 2023, às 19:00

Arcebispo de Braga abriu trabalhos da Assembleia Diocesana da LOC/MTC

O Arcebispo Metropolita de Braga, D. José Cordeiro, incentivou hoje os trabalhadores cristãos a darem testemunho do Evangelho nos seus ambientes laborais, familiares, comunitários e sociais, e a procurarem trabalhar sempre em prol da construção da paz, da conciliação, da concórdia, da justiça e do bem comum.

«Fazer um trabalho de paz é um desafio grande, mas não podemos ignorar a realidade, porque ignorar a realidade é ignorar a presença de Deus e Deus está entre nós e quando somos fiéis, persistentes, perseverantes e resilientes Deus não nos abandona», disse o prelado. 

D. José Cordeiro falava na abertura da Assembleia Diocesana anual da Liga Operária Católica/ Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC) de Braga, que decorreu no Centro Pastoral e Cultural da Arquidiocese.

Neste encontro foi aprovado o Plano de Ação do Movimento para o ano pastoral de 2023/2024, com o título “Ide Cuidar, Dignificar e Expandir”. Um documento que começou a ser elaborado em junho de 2022 e contém contributos de todos os grupos de militantes da LOC/MTC da Arquidiocese a nível das realidades operárias, dos fundamentos teológicos e sociais e também da ação e expansão do Movimento, disse o Assistente Diocesano, o  diácono José Maria Carneiro Costa.

D. José Cordeiro agradeceu aos trabalhadores cristãos os seus testemunhos e intervenções e incentivou-os a continuarem a ser «sal e luz», num país onde a presença dos cristãos nas dimensões do trabalho é diminuta.

«Não deixemos apagar esta luz e de dar sabor às realidades onde vivemos com o nosso testemunho, fazendo-o em conjunto nesta experiência sinodal tal como aconteceu ao longo deste mês em Roma, o Sínodo da sinodalidade», pediu.

Projeto pastoral aberto a contributos

O Arcebispo de Braga convidou ainda os militantes da LOC/MTC a serem participantes no projeto pastoral da Arquidiocese para os próximos dez anos. O programa está aberto e as sugestões podem encaminhadas para a Equipa Sinodal, liderada pelo padre Sérgio Torres. 

A Arquidiocese de Braga tenciona apresentar o programa pastoral no dia 2 de dezembro, na Assembleia Arquidiocesana, nas Caxinas (Vila do Conde), mas não fica fechado, pois haverá  possibilidade de integrar mais contributos até ser apresentado à Arquidiocese por ocasião do Natal. 

O Plano de Ação da LOC/MTC de Braga para 2023/2024, intitulado “Ide Cuidar, Dignificar e Expandir”, aborda várias realidades sociais atuais que marcam a vida diária dos trabalhadores, denunciando desde logo os baixos salários e reformas e os «aumentos escandalosos das rendas de casa».

«O aumento da inflação, traduzido no custo de bens alimentares, energia e meios de transporte, agravado com juros muito elevados, favorece os ricos e prejudica os pobres», assinala o Movimento.

A família, o meio ambiente, as migrações, a educação e a comunicação são também motivo de preocupação dos grupos de militantes da LOC/MTC que guiados pelo lema desta plano vão procurar anunciar a esperança e a fé, dentro daquelas que são também as linhas orientadoras do Movimento nacional: “Dignificar o Trabalho, Cuidar da Casa Comum”.