twitter

Congresso faz da Arquidiocese de Braga palco mundial da mística e espiritualidade

Congresso faz da Arquidiocese de Braga palco mundial da mística e espiritualidade
Fotografia Avelino Lima

Joaquim Martins Fernandes

Jornalista

Publicado em 26 de outubro de 2023, às 10:16

Realização vai decorrer de 24 a 27 de abril de 2024 e junta meia centena de especialistas de vários países.

O Instituto de História e Arte Cristãs e o Instituto de Estudos Avançados em Catolicismo e Globalização vão realizar em Braga um Congresso Internacional de Mística e Espiritualidade. Meia centena de teólogos e investigadores das diversas áreas do saber de vários países assumem o desafio de evidenciar que o apelo ao infinito é um sentimento cada vez mais presente na sociedade atual, sendo experienciado por crentes e não crentes.

O Santuário do Bom Jesus do Monte, «espaço, por excelência, de mística e espiritualidade», foi o local escolhido para acolher a abertura do congresso, que arranca no dia 24 de abril de 2024. A sessão de encerramento, que ocorre no dia 27 de abril, está agendada para o Santuário de São Bento da Porta Aberta.

O Congresso Internacional de Espiritualidade e Mística vai decorrer subordinado ao tema “À procura do não-limite”. «Será, certamente, um grande acontecimento», disse ontem o presidente do Instituto de História e Arte Cristãs, cónego José Paulo Abreu, que preside à Comissão Organizadora do congresso. «O congresso tenta captar-nos as pregas da alma e quer levar-nos para o espaço transcendente que se vai encontrando à medida que a mística cresce entre Criador e criatura», acrescentou José Paulo Abreu, que falava na conferência de imprensa de apresentação daquele que é o primeiro congresso da especialidade a ser realizado em Portugal.

O sacerdote destacou que o congresso «é também «motivo de grande orgulho para Braga e para a região, não apenas pela dimensão científica, mas também pelo «programa cultural diversificado, que inclui declamação de textos místicos, um “tour” pela espiritualidade monástica do Minho, visitas guiadas a vários monumentos do distrito de Braga e sessões de recreação com coletividades culturais locais. 

Para a presidente da Comissão Científica do congresso, Eugénia Abrantes, do Instituto de Estudos Avançados em Catolicismo e Globalização (IEAC-GO), «a grande preocupação do congresso» reside em «pensar as temáticas da espiritualidade e da mística enquanto experiência humana de relação com o divino».

É nesse quadro que o Congresso Internacional de Espiritualidade e Mística. À procura do não- -limite” se compromete com uma abordagem que «envolve vários especialistas dos diversos ramos do saber e das artes». O compromisso reside em «oferecer a todos os que participarem no congresso uma reflexão atualizada sobre as diversas vertentes que envolvem este dois domínios», referiu Eugénia Abrandes.

Acrescenta a responsável que o congresso internacional será também enriquecido com a apresentação de uma síntese de um projeto inovador de investigação que está a ser realizado e que vai culminar com a publicação da História Global da Espiritualidade e Mística em Portugal. O trabalho, que tem a chancela da Conferência Episcopal Portuguesa, inclui um Dicionário Global da Espiritualidade e da Mística.