twitter

Trabalhadores cristãos pedem salários justos

Trabalhadores cristãos pedem salários justos
Fotografia DR

Jorge Oliveira

Jornalista

Publicado em 07 de outubro de 2023, às 18:58

Equipa Diocesana da LOC/MTC assinalou hoje Dia Mundial do Trabalho Digno

A Equipa Diocesana de Braga da Liga Operária Católica/Movimento dos Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC) alertou, hoje, na sua reunião mensal, para a necessidade de adequar os salários ao nível de vida do país, para que os trabalhadores possam viver com dignidade.

«Os patrões não podem estar a pensar constantemente em ganhar, ganhar, ganhar! Os patrões têm que pensar que as outras pessoas que trabalham para eles também são filhos de Deus!», disse José Maria Costa, Assistente Diocesano, no final da reunião que teve lugar no Centro Cultural e Pastoral da Arquidiocese de Braga.

No Dia Mundial do Trabalho Digno, a Equipa diocesana da LOC/MTC refletiu sobre as condições de vida dos trabalhadores e rezou pelo trabalho, habitação e alimentação dignos, a partir de uma oração que elaborou para assinalar esta data.

Com o título “Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti”, a oração remete para a defesa da dignidade da pessoa trabalhadora «explorada, maltratada», que recebe «salários insuficientes» para as despesas mensais, nomeadamente para pagar «as caríssimas rendas de casa» ou as mensalidades da casa ao banco por causa dos juros «muito elevados».

José Maria Costa deu nota que há trabalhadores cujos salários só chegam para pagar a renda da habitação, sendo obrigados a fazer trabalhos extraordinários e sujeitar-se a trabalhos indignos para não ter que «ir viver para debaixo de uma ponte» ou ter que recorrer  ao designado ‘aluguer de camas quentes”.  No distrito de Braga já há trabalhadores que não tendo posses para alugar uma casa ou um quarto pagam para dormir algumas horas num colchão.

«Nunca pensei que chegássemos a esta situação no distrito de Braga», disse José Maria Costa.

O Assistente Diocesano da LOC/MTC, que é diácono, referiu que se houvesse uma «economia partilhada», como defende o Papa Franacisco, todos viviam com dignidade e ninguém passava fome.

«A economia de mercado não está a funcionar bem e como tal há que fazer mudanças para que a pessoa esteja sempre no centro das decisões políticas e económicas», defendeu.

A Equipa Diocesana da LOC/MTC convida todos fieis da Arquidiocese a rezarem, individualmente ou em família, a oração pelo Trabalho Digno, na qual são recordados também os doentes, os refugiados. A oração alude ainda para as indiferenças, as desigualdades os sinistros ambientais e apela à paz e fim das guerras.

 

Oração pelo Trabalho Digno

"Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti"

 

Senhor só Tu és digno e tens sonhos para nós

Mostra-nos a cor e a beleza dos teus sonhos 

Ajuda-nos a ver o mundo como da primeira vez 

Mostra-nos o lugar da Tua morada na terra

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 

Estão a roubar-nos a dignidade que nos deste

O nosso coração clama por Ti Pai amado 

Ajuda-nos a viver a dignidade que está em Ti

Ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 

Faz de nós trabalhadores a cor dos teus sonhos 

Ajuda-nos a sonhar e a viver a dignidade

Faz de nós mulheres e homens livres e bons

Ajuda-nos a viver em grupo como Teus filhos

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 


Impõem-nos precariedades e injustiças indignas 

Impedem-nos de possuir casa e comida dignas

Somos pobres que batemos a portas fechadas

Alguns doentes sem trabalho e sem dignidade

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 


Vivemos num mundo feroz de indiferenças

Geradoras de sinistros ambientais nos teus filhos 

E desigualdades martirizantes sem precedentes 

Começa a faltar o pão que Tu nos dás cada dia

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 


Sim, sentimo-nos pobres apesar do trabalho

No silêncio dos dias e no barulho das máquinas

Que utilizamos no aperfeiçoamento da criação

Fazemos do labor uma canção da dignidade

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 


Gratidão pelo dom da vida e pela beleza humana

Ajuda-nos a gritar contigo e fazer eco nos montes

Para não deixar danificar os teus seres sagrados

Ajuda-nos a fazer da dignidade a alegria de viver

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 


Dignidade que nos conduza a um futuro sustentável

Dignidade do corpo e da alma a construir a paz

Dignidade do amor que destrói balas e canhões 

Dignidade de mãos, pernas, braços e mente

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 


Ajuda-nos a acordar a dignidade de corpo e alma 

Senhor com a tua mão faz parar as tempestades 

Do ódio, do martírio, da ocupação da Tua terra

E deixa que os refugiados possam regressar 

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 


Ajuda-nos a acordar cada dia com novos sonhos

Que nos capacitem a fazer do trabalho paz

A dar a vida pela dignidade do amor que liberta

A dar a vida pela dignidade que derruba muros

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 


Faz de nós militantes da justiça e dignidade 

Como as nascentes da água cristalina

Que descem das montanhas até aos rios

Que oferece a esperança da dignidade sem fim

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 


Queremos ser Sínodo laboral de dignidade para Ti

Com a bondade do coração humano e purificado

Rejeitamos guerra e fome, queremos apenas pão

Vemos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti

 

Senhor só Tu és digno, só Tu és santo, ajuda-nos a fazer do trabalho e da família os “ninhos” visíveis dos sonhos que tens para cada um de nós, como lugares amados da dignidade divina. 

Senhor ajuda-nos a ser um bocadinho de Ti