twitter

JMJ: Jovens de diferentes países vão rezar terço com Papa no Santuário de Fátima

JMJ: Jovens de diferentes países vão rezar terço com Papa no Santuário de Fátima
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 04 de agosto de 2023, às 17:14

O Papa Francisco é esperado no Santuário de Fátima na manhã de sábado, para uma visita de cerca de duas horas.

Dois jovens de nacionalidade colombiana, 16 italianos e 19 polacos vão integrar o grupo de peregrinos que, na manhã de sábado, vai rezar o terço com o Papa Francisco na Capelinha das Aparições, no Santuário de Fátima.

O Santuário de Fátima indicou que integram o grupo de jovens deficientes apoiados pelo Centro de Apoio a Deficientes João Paulo II (JPII), pelo Centro de Reabilitação e Integração de Fátima (CRIF), pela Casa do Bom Samaritano (CBS) e pelos Silenciosos Operários da Cruz (SOC). Além destes jovens com deficientes, vão juntar-se nesta oração seis reclusos da prisão-escola de Leiria e dois colaboradores do Santuário de Fátima. Filhos de dois funcionários do Santuário oferecerão flores ao pontífice.

A celebração vai ser animada pelo Coro do Santuário de Fátima, com o Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e alunos do Colégio de São Miguel – Fátima e funcionários e elementos do Serviço de Música Sacra do Santuário.

O Papa Francisco é esperado no Santuário de Fátima na manhã de sábado, para uma visita de cerca de duas horas, à margem do programa oficial da sua deslocação para a Jornada Mundial da Juventude, que encerra no domingo, em Lisboa. Francisco viaja de Lisboa para Fátima num helicóptero da Força Aérea Portuguesa, estando a chegada prevista para as 8h50, regressando à capital às 11h00.

Num texto publicado em julho, o diretor editorial dos media do Vaticano, Andrea Tornielli, considerou que a ida do Papa a Fátima está ligada “à tragédia da guerra que atormenta a ‘martirizada Ucrânia’”. O responsável sublinhou que o gesto de Francisco “pode ser ligado diretamente a outro que ele realizou, pouco mais de um mês após o início da guerra: a consagração da Rússia e da Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria, realizada em São Pedro, em 25 de março de 2022”.

“A consagração da Rússia, aliás, foi pedida pela aparição na mensagem aos pastorinhos de Fátima. Há 16 meses, Francisco rezou assim: ‘Perdemos o caminho da paz. Esquecemos a lição das tragédias do século passado, o sacrifício de milhões que morreram nas guerras mundiais. Desconsideramos os compromissos assumidos como Comunidade das Nações e estamos a trair os sonhos de paz dos povos e as esperanças dos jovens”, recordou Tornielli no texto divulgado no portal Vatican News.

Esta é a segunda vez que Francisco visita o Santuário de Fátima, onde esteve em maio de 2017, para as comemorações do centenário das “aparições” e a canonização de Jacinta e Francisco Marto.