twitter

JMJ: Patriarca de Lisboa apela à inscrição de voluntários

JMJ: Patriarca de Lisboa apela à inscrição de voluntários
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 01 de junho de 2023, às 16:51

Até 31 de maio, tinham-se inscrito pouco mais de 20 mil voluntários.

O cardeal-patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, sublinhou esta quinta-feira a “necessidade de reforçar o voluntariado” para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a dois meses da sua realização e quando a organização precisa de aumentar o número de voluntários para o evento.

“É uma ocasião única para nós, em Portugal, e que queremos oferecer a toda a gente que venha, mas precisamos de muitos voluntários, para que, nas diversas missões que é preciso levar por diante, estejam connosco a preparar a Jornada e, depois, a efetivá-la”, disse Manuel Clemente, numa mensagem em vídeo divulgada hoje na página do Patriarcado na Internet.

A JMJ Lisboa 2023 realiza-se entre 1 e 6 de agosto, com a presença do Papa Francisco. A organização aponta para um número ideal de voluntários da ordem dos 30 mil, sendo que, até 31 de maio, haviam feito a sua inscrição pouco mais de 20 mil. Na mensagem, o cardeal-patriarca sublinha, ainda, “a urgência que o tempo traz, porque já estamos muito perto, mas sobretudo a necessidade de reforçar o voluntariado, gente que esteja disponível para estar connosco, nesta reta final, a preparar esta grande ocasião de encontro de jovens de todo o mundo”.

Já iniciaram a sua inscrição para a Jornada mais de 600 mil jovens de 184 países. Lisboa foi a cidade escolhida pelo Papa Francisco para a próxima edição da Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer entre os dias 1 e 6 de agosto deste ano.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude. A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, tendo já passado por Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

A edição deste ano esteve inicialmente prevista para 2022, mas foi adiada devido à pandemia de Covid-19. O Papa Francisco foi a primeira pessoa a inscrever-se na JMJ Lisboa 2023, no dia 23 de outubro de 2022, no Vaticano, após a celebração do Angelus. Este gesto marcou a abertura mundial das inscrições para o encontro mundial de jovens com o Papa. Até ao momento já iniciaram o processo de inscrição mais de 650 mil jovens.