twitter

Queda de placas de madeira em entrada de escola primária de Viana suspende aulas

Queda de placas de madeira em entrada de escola primária de Viana suspende aulas
Fotografia

Publicado em 11 de janeiro de 2019, às 08:52

Situação ocorreu ontem em Perre.

A queda de cinco placas de madeira no teto da entrada da escola primária de Perre, em Viana do Castelo, levou o agrupamento Pintor José de Brito a determinar hoje o encerramento do estabelecimento de ensino por razões de segurança, informou a diretora. Teresa Marques explicou que a queda daquele material ocorreu na quinta-feira, ao final da tarde, não tendo causado vítimas.
O estabelecimento de ensino é frequentado por 87 alunos.
Teresa Marques explicou que, «por precaução, o agrupamento decidiu suspender as aulas durante o dia de hoje, sendo que os trabalhos de reparação estão em curso e a as aulas serão retomadas na próxima segunda-feira». A responsável disse desconhecer as razões que levaram à queda das placas de madeira do teto da entrada da escola, uma «obra realizada há 10 anos». A vereadora da Educação da Câmara de Viana do Castelo, Maria José Guerreiro, adiantou que a «escola foi isolada e que a equipa camarária está a proceder à reparação da estrutura». O presidente da Junta de Perre, Vasco Cerdeira, confirmou que «a queda das cinco placas de madeira, da cobertura do corredor que abriga os alunos entre a escola e a porta de acesso ao estabelecimento de ensino, ocorreu na quinta-feira, cerca das 17:45, após a saída das crianças, não tendo causado ferimentos em ninguém». O autarca adiantou que, «na altura, decorria no interior da escola uma reunião de pais, que se aperceberam da situação, tendo a Junta de Freguesia comunicado de imediato o caso à Câmara Municipal, que iniciou diligências para resolver a situação».
Autor: Redação