twitter

Póvoa de Lanhoso solidária com Ucrânia em marcha que juntou centenas de pessoas

Póvoa de Lanhoso solidária com Ucrânia em marcha que juntou centenas de pessoas
Fotografia

Publicado em 06 de março de 2022, às 16:38

Portugueses e ucranianos uniram-se numa cerimónia emotiva na qual foram entoados os hinos de ambos os países.

Centenas de pessoas participaram hoje numa marcha solidária contra a guerra na Ucrânia. A concentração aconteceu ao início da manhã, na Praça Eng. Armando Rodrigues, seguindo os participantes em direção aos Paços do Concelho onde, no exterior, se ouvia a música "Imagine", de John Lennon. Já depois da cerimónia, foram entoados os hinos de Portugal e da Ucrânia, findos os quais ecoaram palmas. Nesta cerimónia emotiva que juntou portugueses e alguns ucranianos, as cores da bandeira da Ucrânia - azul e amarelo - eram as dominantes. Várias famílias, associações, Juntas de Freguesia e Agrupamentos de Escolas juntaram-se para marcar posição contra a guerra iniciada pela Rússia no passado dia 24 de fevereiro e prestar apoio ao povo ucraniano, tanto ao que está longe como ao que vive em território luso. "Calem as armas"e "Stand with Ukraine" [Estamos com a Ucrânia] eram algumas das mensagens que podiam ser lidas nos cartazes que os participantes seguravam, ao mesmo tempo que tinham vestida uma t-shirt alusiva ao momento. A marcha contou com a participação de vários elementos do Executivo Municipal, entre eles o presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, que referiu o objetivo do ato simbólico de ontem: «apoiar o povo ucraniano». «A Póvoa de Lanhoso deu hoje um sinal de que está contra tudo o que se tem passado e que está disponível para ajudar a resolver», disse, ao DM, Frederico Castro. A Póvoa de Lanhoso conta com três pontos de recolha: nas instalações das Juntas de Freguesia de Monsul e da Póvoa e na associação de S. Martinho do Campo.   [Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]
Autor: Rita Cunha