twitter

Número de colocados na primeira fase sobe para 790 no IPVC e alcança os 716 no IPCA

Número de colocados na primeira fase sobe para 790 no IPVC e alcança os 716 no IPCA
Fotografia

Publicado em 11 de setembro de 2022, às 08:50

Dos 49 806 estudantes colocados na 1.ª fase, 84% foram posicionados numa das suas três primeiras opções de candidatura.

Os dois institutos superiorespolitécnicosdo Minho registaramum visívelcrescimento de alunoscolocados nesta primeirafase do 46.º concursonacional de acesso, tendosido admitidos, no InstitutoPolitécnico de Vianado Castelo (IPVC) 790 novosestudantes, e no InstitutoPolitécnico do Cávadoe do Ave (IPCA) umtotal de 716 alunos. A nota enviada às redaçõespela DGES – Direção-Geral do Ensino Superiortorna claro que, noque respeita ao IPVC, estesresultados representamuma subida percentual de8% face ao concurso nacionalde acesso de 2021,altura em que ficaram colocados733 alunos. Das 1 062 vagas colocadasa concurso pela instituiçãode ensino superiordo Alto Minho sobram281 para a segunda fasedo concurso. Recorde-se que as vagas sobrantespara a segunda faseenglobam as vagas ocupadasna primeira fasedo concurso em que nãose concretizou a matrículas,as vagas libertadasem consequência da recolocaçãona segunda fasede estudantes colocadosna primeira fase e asvagas libertadas em consequênciade retificaçõesna colocação na primeira. Já no que toca ao IPCAa subida alcançou os13% face aos 631 alunosque tinham sido colocadosna primeira fase em2021. O IPCA colocou esteano a concurso 739 vagas,restando 31 para preencherna segunda fase doconcurso. Nesta primeira fase oIPVC garantiu assim já74,4% da sua taxa de ocupação(face a 67,7% em2021), ao passo que o IPCAconseguiu garantir96,9% de ocupação (faceaos 89,0% de 2021), demonstrandoassim umaverdadeira tendênciaascendente.  

Aumentamalunos em regiõesde menor densidade

O IPVC de Viana do Castelofaz parte das instituiçõeslocalizadas emregiões com menor densidadedemográfica, queviu aumentado o númerode estudantes colocados,indo ao encontro do quese passou no resto do paísem que o número de colocadosem instituições localizadasem regiões commenor densidade demográficaaumenta 6% (13 351estudantes colocados). São várias as instituiçõesdo interior que viramsubir o número de colocadosface ao ano anterior(UBI, UÉvora, UTAD, IPBragança, IP Castelo Branco,IP Coimbra – ESTGOH,IP Guarda, IP Portalegre,IP Santarém, IPViana do Castelo, IP Viseue IP Tomar).  

Mais alunosem cursos nas áreasde competênciasdigitais

Foram colocados 7 327 estudantesem cursos nasáreas de competênciasdigitais, ciências de dadose sistemas avançados deinformação, de ciênciase tecnologias do espaço eengenharia aeroespacial,o que representa um aumentode 9% face a 2021. Realce-se que atravésdo contingente especialpara estudantes com deficiênciaforam colocados381 estudantes, o que representaum aumento de21% face ao ano anterior eo número mais elevadode sempre. Foram tambémcolocados 484 estudantespelo contingenteespecial para emigrantese lusodescendentes, crescendo16% face ao ano anterior(quando tinham sidocolocados 419 candidatos.
Autor: Carla Esteves