twitter

Ponte de Lima quer atrair turistas às zonas de montanha

Ponte de Lima quer atrair turistas às zonas de montanha galeria icon Ver Galeria
Fotografia DR

Redação

Publicado em 09 de julho de 2024, às 09:13

Mesa dos Quatro Abades é polo de dinamização do território.

O Município de Ponte de Lima quer levar apreciadores de turismo de natureza e aventura às zonas de montanha, tendo como instrumento de dinamização do território o Centro de Interpretação das Aldeias da Mesa dos Quatro Abades.

Este equipamento foi inaugurado em 2021 com a missão de valorização do património cultural, rural e paisagístico circundante à mesa que reúne, desde o século XVIII, quatro freguesias e o presidente da Câmara para analisarem os problemas das localidades.

A estrutura serve de ponto de partida para a descoberta das aldeias da Mesa dos Quatro Abades – Bárrio, Cepões (União das Freguesias de Bárrio e Cepões), Calheiros e Vilar do Monte (União das Freguesia de Labrujó, Rendufe e Vilar do Monte) – e também de Labruja.

«Pretendemos, por um lado, dar continuidade a uma tradição que é peculiar e, provavelmente, única no contexto nacional, e, por outro, dinamizar, do ponto de vista turístico e social este conjunto de aldeias de montanha», explica o vice-presidente da Câmara, Paulo Sousa.

No entender deste vereador, a conjugação do investimento público e privado tem sido fundamental para a criação e dinamização de infraestruturas ligadas ao turismo de natureza e ao turismo cultural, que fazem com estas sejam «aldeias de referência do ponto de vista turístico, no concelho Ponte Lima, mas também em todo o Alto Minho».

«Estes projetos são estruturantes e marcantes para estas aldeias, no sentido da sua dinamização económica e social, mas também se constituem como um tubo de ensaio para podermos desenvolver projetos semelhantes noutras aldeias de montanha no nosso concelho e no Alto Minho», afirma.

No sentido de levar visitantes à descoberta do território, a edilidade lançou o 1.º Walkfest – Festival de Caminhadas de Ponte de Lima. Depois das caminhadas no Vale do Trovela em março e nas Aldeias da Mesa dos Quatro Abades em maio, o programa realiza-se no Vale do Estorãos, a 28 e 29 de setembro.

Paralelamente, a autarquia tem concessionado o equipamento onde funciona o Timeout Aventura Park, centro que atrai anualmente mais de 5 mil clientes, incluindo portugueses e estrangeiros.