twitter

Milhares esperados em Vila Verde para as festas de Santo António

Milhares esperados em Vila Verde para as festas de Santo António
Fotografia DR

Rita Cunha

Jornalista

Publicado em 15 de maio de 2024, às 13:03

Programa decorre de 12 a 16 de junho.

Vila Verde prepara-se para celebrar as Festas Concelhias de Santo António, a decorrer este ano de 12 a 16 de junho, com um programa eclético que abarca público de todas as idades. Espetáculos musicais - que têm Ivandro, Diogo Piçarra e Ana Bacalhau como destaque -, atuações de rusgas, cortejo etnográfico, desfile filarmónico, folclore, atividades desportivas, não esquecendo o programa religioso associado, com celebrações de eucaristias e a majestosa procissão, compõem cinco dias intensos, durante os quais são esperados milhares de participantes.


Na apresentação das festas, esta manhã, a presidente da Câmara Municipal de Vila Verde deu nota desta abrangência no vasto leque de iniciativas propostas, todas elas preparadas com o apoio de associações a instituições locais. «Só assim estas festas de Santo António são feitas pelo povo para o povo, envolvendo todos», realçou Júlia Fernandes, não duvidando que «um número muito significativo de pessoas» passará pelo concelho para vivenciar toda esta experiência lúdica, cultural e religiosa em honra do santo padroeiro.


O impacto económico e social que este evento tem nos setores do comércio, alojamento e restauração, entre outros, também foi evidenciado pela edil, já que quem visitar Vila Verde ao longo destes dias irá consumir e, nesse sentido, trazer lucro aos agentes locais.
Apesar de se tratar de um programa que se dirige a todos, desde as crianças aos mais idosos, as Festas de Santo António de Vila Verde apostam cada vez mais em iniciativas que atraiam os mais jovens, envolvendo-os no espírito das mesmas. Exemplo disso é a participação de crianças nas rusgas, os concertos com grupos apelativos à juventude e os “after party” com Dj até de madrugada no Espaço Jovem situado na Avenida Professor Machado Vilela.
«Temos a preocupação de ter a participação de crianças e jovens em quase todos os dias do programa. Queremos que tenham palco e participem porque a nossa tradição tem de passar de geração em geração», ressalvou.

 Consulte o programa completo das festas aqui.